DOAÇÃO
ACIBr e Sindilojas doam 750 kits com reagentes para testes do Covid-19
Secretário da Saúde, Dr. Humberto Fornari, recebeu o material que será encaminhado ao Lacen
por Ideia Comunicação 29/06/2020 às 19:22

A Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) e o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Brusque (Sindilojas), fizeram a doação de 750 kits de reagentes que serão utilizados em testes para o novo coronavírus (Covid-19). O material, avaliado em R$ 14.172,00, foi recebido pelo secretário municipal de Saúde, Dr. Humberto Fornari, e pelo médico infectologista, Dr. Ricardo Freitas, na tarde desta segunda-feira, 29 de junho, na sede da ACIBr. 

“Foi um pedido feito pela secretaria de Saúde e prontamente atendido pelas duas entidades. Em cinco dias conseguimos disponibilizar este material para dar continuidade ao resultado dos testes de Brusque”, comemora a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti.

Para o presidente do Sindilojas, Marcelo Gevaerd, a doação permitirá o fluxo de exames, evitando que resultados permaneçam por muito tempo em análise no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Florianópolis. “Era o reagente que estava faltando e, felizmente, conseguimos atender esta necessidade. Agora, em 12 horas já será possível confirmar se o paciente está ou não com a Covid-19”, declara.

Gratidão

Durante a entrega, o secretário de Saúde, Dr. Humberto Fornari, fez uma videochamada ao Lacen, para comemorar a doação. “Ficamos entusiasmados. São reagentes que o Lacen estava com uma forte necessidade em função de estar com licitações em atraso. Em parceria com a ACIBr e o Sindilojas recebemos os insumos, que vão proporcionar resultados mais rápidos para a nossa população”, avalia Dr. Humberto. 

Segundo ele, os 750 kits chegam em boa hora, especialmente quando o número de casos da doença aumenta em Brusque. “Estamos com 500 pessoas em vigilância domiciliar e realizamos cerca de 50 testes por dia. Por isso, só tenho a agradecer às entidades pela sensibilidade da ajuda”, enaltece o secretário. 

Dr. Humberto ressalta que a parceria entre o poder público e as entidades de classe, desde a confirmação dos primeiros casos do novo coronavírus em Santa Catarina, tem sido decisiva para a contenção da pandemia na cidade. “As indústrias testam a febre nos colaboradores, indicam e respeitam o distanciamento social. O comércio faz uso da máscara e do álcool em gel. Recebemos a doação de mais de 130 mil máscaras, que veio da força do empresariado e, agora, esses kits que farão a diferença no isolamento de pacientes positivos”, enfatiza Dr. Humberto. 

Os kits, produzidos em São Paulo, chegaram ao município na tarde de hoje, graças ao empenho do representante da Azul Cargo Express de Brusque, Michel Zangrando, que, gratuitamente, se dispôs a buscar o material. 

Isolamento social

Na última semana, representantes de entidades se reuniram com o poder público para cobrar medidas preventivas de isolamento social, sobretudo aos finais de semana, quando tem sido observadas aglomerações em praças e demais espaços públicos. 

“Dentro das empresas estão sendo respeitados todos os protocolos de saúde e segurança, para que os negócios permaneçam abertos de forma responsável. Mas, nos finais de semana, ocorrem aglomerações e é necessário uma consciência maior por parte da população”, destaca a presidente da ACIBr.

No mapa da Covid-19 em Santa Catarina, Brusque integra uma macrorregião que mudou sua classificação de risco alto para risco grave. Caso os números da doença continuem subindo, a redução da atividade econômica apenas para serviços essenciais pode voltar a acontecer. 

“Todas as regras estão sendo cumpridas nas empresas e isso precisa chegar também às famílias para que, lá na frente, não tenhamos problemas e novos fechamentos”, pontua Marcelo Gevaerd.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados