Brusque, 18 de dezembro de 2017   |   05:12

Unifebe

O clima de solidariedade tomou conta da UNIFEBE nesta quarta-feira, 6 de dezembro, com a entrega dos presentes do 15º Natal Solidário. Padrinhos e afilhados protagonizaram um belo espetáculo no Bloco A do Campus Santa Terezinha com a troca de presentes e carinho.

Para os pequenos estudantes do CEI Clara Maria Furtado, Vitória Pavesi Rodrigues (5) e Davi Soares Shappo (4), o evento foi cercado por ansiedade e expectativa pela chegada do Papai Noel e pelo recebimento dos presentes.

— No Natal as pessoas ficam mais boazinhas, a gente quer conhecer os nossos padrinhos, ver o Papai Noel e ganhar presente — disseram.

Segundo o reitor Günther Lother Pertschy, a realização do Natal Solidário é a melhor forma de concluir o ano.

— É muito gratificante e o mais bonito é perceber que há um envolvimento geral para esse projeto seja o mais bonito possível. É a UNIFEBE fazendo sua parte pela comunidade de forma concreta e não apenas na teoria. O Natal Solidário é um projeto que se consolida a cada ano. Quem sabe um dia possamos adotar essas crianças fazendo um ano inteiro de acompanhamento na escola e não só um dia de festividade, mas isso precisa de uma caminhada e é o que estamos construindo — destaca o reitor.

Para a professora Susane Aparecida Bauer da escola Uni Duni Tê (APAE de Brusque) o evento é uma excelente oportunidade de inclusão para os alunos da escola.

— Eu acho que uma criança, quando cresce com toda essa inclusão da sociedade, se torna um adulto melhor, com mais expectativa. Os padrinhos que adotam as crianças não entregam só um brinquedo, mas uma oportunidade. O presente é o acolhimento — ressalta.

A secretária de educação de São João Batista, Roseli Peixer Tomasini, destacou a dedicação de toda a equipe para a realização do evento.

— É a minha primeira vez enquanto secretária, mas o nosso município já participa há várias edições. Eu estou achando fantástico o fato de toda a equipe da UNIFEBE estar envolvida, isso traz uma energia junto, que com certeza a gente recebe. Primeiro eu quero agradecer a UNIFEBE por ter a gente como parceiro e agradecer imensamente os padrinhos que se dedicam e estão trazendo uma lembrança e junto com ela muito carinho, amor e essa energia gostosa do Natal. A solidariedade tem que brotar nessa época — afirma.

Para a acadêmica de Direito, Beatriz Poli, foi emocionante participar do evento.

— Me emocionei bastante, se cada um fizesse a sua parte o Natal de fato seria o ano inteiro — afirma.

A UNIFEBE agradece a todos os patrocinadores que apoiaram e tornaram o Natal Solidário possível: Fort Atacadista, Bilu, Cia Six, Havan, Panificadora Zen, 3RHO, Barateiro, Embrulhe, Gelo Pedra D´Água, Supermercado Archer, Quimisa, Fundação Vida, Raphaella Booz, Guabifios, Gertrudes Furtado e Família, Funcionários, Professores e comunidade.

Repórter: Assessoria de Comunicação Social Unifebe
Imagem: Assessoria de Comunicação Social Unifebe


Veja também