REUNIÃO
GRUPIA define sabatina dos prefeituráveis e encaminha os festejos de 10 anos
As sabatina serão realizadas em 29 de setembro, 15 de outubro e 05 de novembro; cada chapa poderá convidar até 10 pessoas para acompanharem os prefeituráveis
por Assessoria de Imprensa GRUPIA / Paulo V. Kons 11/09/2020 às 05:44 Atualizado em 11/09/2020 às 05:45

Com a participação de 26 representantes da sociedade civil, do poder público, da Igreja Católica e igrejas evangélicas, assembleia do Grupo de Proteção da Infância e Adolescência – GRUPIA, realizada no auditório da UNIFEBE, das 9h às 11h19min de quinta-feira, 10/9, deliberou também sobre a realização do VIII Natal de Amor e Fé e enfocou a atuação da Organização das Nações Unidas (ONU) para a legalização do aborto, do uso de drogas, da pedofilia e a difusão da ideologia de gênero. A nova diretoria do Conselho de Pastores de Brusque - COPAB, presidida pelo pastor Cleverson Picolotto, e o Consultor do GRUPIA para a área da Saúde, Evandro Roza, foram apresentados.

Sabatina dos Prefeituráveis

De acordo com o idealizador do GRUPIA, Paulo Vendelino Kons, “pela terceira vez consecutiva, oportunizamos uma das formas mais inteligentes de se conhecer um projeto, através da sabatina dos candidatos. A discussão de ideias, questionando posições e propondo soluções, continua sendo o modo mais civilizado e transparente para que toda a comunidade saia ganhado ao fazer suas escolhas”.

As sabatina dos prefeituráveis 2020, com os candidatos ao cargo de Prefeito e de Vice-Prefeito de Brusque na eleição de 15 de novembro próximo, serão realizadas em 29 de setembro, 15 de outubro e 05 de novembro de 2020.

As chapas majoritárias serão ouvidas separadamente, pelo tempo estimado de uma hora, sendo a sequência definida pela ordem alfabética estabelecida pela inicial do primeiro nome constante no Registro Civil do candidato a Prefeito.

Cada chapa poderá convidar até 10 pessoas para acompanharem a sabatina dos prefeituráveis 2020, no auditório da UNIFEBE.

VIII Natal de Amor e Fé

Para a realização da edição do Natal de Amor e Fé 2020, serão confeccionados 6.500 doces de natal, 50 cucas gigantes, 1.000 unidades de cachorro-quente, 1.500 cartões personalizados de Natal e 4.000 adesivos natalinos. Serão adquiridos 50 kg de bombons, 1.500 pacotes de salgadinho, 1.500 unidades de pé de moleque crocante, 1.500 pacotes de pipoca doce, 500 litros de refrigerantes de vários sabores, 8 kg de café torrado e moído, 20 litros de leite e 68 litros de água mineral.

Para compartilhar a alegria da celebração do nascimento de Jesus Cristo, o GRUPIA irá distribuir, também, 250 aves natalinas, acopladas em bolsas térmicas, e 250 litros de leite.

10 anos de fundação do GRUPIA

Com o tema “Das Palavras para a AÇÃO, há 10 anos!” e o lema: “Sejamos Sal e Luz!”, variadas atividades marcarão a celebração dos 10 anos de fundação do GRUPIA e os 30 Anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal nº. 8.069/90), de 4 a 11 de outubro de 2020.

No Domingo, 4 de outubro, Culto de Ação de Graças na Igreja Evangélica Luterana Brusque – Centro, às 9h.

Já a quinta-feira, 8 de outubro, dia em o GRUPIA foi fundado em 2010, no Fórum de Brusque, terá uma intensa agenda de atividades.

Às 8h30, na Câmara de Brusque, sob a presidência do Desembargador Carlos Alberto Civinski, será realizada Sessão Solene em comemoração aos 10 Anos de Fundação do GRUPIA e dos 30 Anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente, com homenagens aos fundadores e a colaboradores beneméritos do GRUPIA e às gestões pioneiras do Conselho Tutelar e CMDCA de São João Batista, Botuverá, Guabiruba e Brusque.

Após o Momento de Oração, a alocução 1: “Princípios norteadores da reflexão e da AÇÃO do GRUPIA”, pelo Prof. Dr. José Francisco dos Santos e a alocução 2: “Síntese da trajetória histórica do GRUPIA” – pelo magistrado Geomir Roland Paul, do grupo dos fundadores do GRUPIA.

A Conferência 1: “GRUPIA – Comunidade Unida para a Promoção do Bem Comum”, será proferida pelo Dr. José Galvani Alberton, ex-Procurador-Geral de Justiça de Santa Catarina por dois mandatos. O Presidente da Associação Catarinense do Ministério Público – ACMP, Promotor de Justiça Marcelo Gomes Silva, ministrará a Conferência 2: “O Estatuto da Criança e do Adolescente, após 30 anos de sua vigência”.

A magnífica reitora da Unifebe, Profª. Me. Rosemari Glatz falará em nome de todas as organizações que compõem o GRUPIA.

O almoço será servido às 12h, no Moinho Milani, preparado com ingredientes típicos da pioneira colônia italiana no Brasil – a Colônia Nova Itália, pela Associação dos Descendentes e Amigos do Núcleo Pioneiro da Imigração Italiana no Brasil – ADANPIB, sob a supervisão da professora Elizete Peixer.

Sob o tema Deus NÃO Está Morto, no auditório do Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE, o Painel de Debates terá início às 14h30, com a mediação da reitora  Rosemari Glatz e os painelistas o Procurador de Justiça Prof. Dr. Gilberto Callado de Oliveira, Prof. Dr. José Francisco dos Santos e o empreendedor Sandro Ricardo Gracher Baran, Presidente do Conselho de Administração da Associação Instituto Bom Samaritano – BOMSA.

Também no auditório da Unifebe, às 15h45, a exibição do Filme Deus Não Está Morto (no original em inglês God's Not Dead), com duração de 1h52min53s. Após a exibição do filme, a UNIFEBE oferecerá um lanche.   

A recitação dos Mistérios Luminosos do Rosário da Santíssima Virgem Maria, na Igreja Matriz Santa Teresinha, terá início às 18h25. 

Às 19h, a celebração da SANTA MISSA de Ação de Graças pelo 10º. aniversário de fundação do GRUPIA, na Igreja Matriz Santa Teresinha, concelebrada pelos padres Alvino Introvini Milani (decano do GRUPIA), Celso Antônio Marquetti (pároco da Paróquia Santa Teresinha),  Silvino Hoepers, SCJ (pároco da Paróquia São Judas Tadeu, da Diocese de Rio do Sul e magno incentivador do GRUPIA) e Ari João Erthal, SCJ (Fundador do GRUPIA e Diretor-Geral da ESIC Business & Marketing School do Brasil – Curitiba/PR, que proferirá a homilia). O Evangelho será proclamado pelo Diácono Germano Rodolfo Borchardt, da Arquidiocese de Florianópolis. A liturgia da quinta-feira da XXVII Semana do Tempo Comum será transmitida, ao vivo, pela Rádio Araguaia de Brusque – AM 970 Khz.

O show em homenagem ao GRUPIA, terá início às 20h, com distribuição gratuita de cachorro-quente, pipoca e refrigerante. Às 20h55, sob os acordes do Parabéns, a bênção, o corte e a partilha do BOLO DOS 10 ANOS DO GRUPIA.

Culto de Ação De Graças, às 19h30 de Domingo, 11 de outubro,  na Igreja Evangélica Calvário, na Avenida Hugo Schlösser, nº. 515, no Jardim Maluche marcará o encerramento das comemorações.

Em contato telefônico como GRUPIA, o arcebispo metropolitano de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, e o senador Esperidião Amin, informaram que já agendaram a participação nas solenidades de 8 de outubro próximo. Também está confirmada a participação dos prefeitos de São João Batista, Daniel Netto Cândido, e de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene.

Aborto, ideologia de gênero e liberação das drogas

O mestre e doutor em Filosofia pela PUC/SP, professor do Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE, da Faculdade São Luiz e Faculdade Sinergia, José Francisco dos Santos, o Professor Zezinho, durante o painel “A atuação da Organização das Nações Unidas (ONU) para a legalização do aborto, do uso de drogas, da pedofilia e para a difusão da ideologia de gênero”, declarou que “já vem de longe contra a tradição que formou a Europa clássica, após a conversão dos bárbaros ao cristianismo. Desde o período conhecido como Renascimento, busca-se restabelecer os padrões de comportamento do paganismo antigo, por trás de uma narrativa falsa de que a Idade Média foi um período de trevas e obscurantismo e que religião e razão/ciência não combinam. Essa narrativa foi continuada pelos racionalistas ateus do século XVIII,  o que levou à Revolução Francesa e seus massacres e violações de direitos em nome da igualdade e da liberdade. O processo foi tão bem construído que as ideias difundidas por esses grupos são ensinadas ainda hoje, como verdade absoluta, em qualquer sala de aula. O comunismo e sua tentativa de destruir não só o sistema capitalista, mas também a tradição religiosa utilizou a estratégia da revolução cultural, desde o início do século XX. Apostaram na mudança dos costumes dos valores, das tradições, a partir da libertação das "repressões" da moral tradicional e dos laços familiares. Seu sucesso é notório nessa área. Hoje, apostam no avanço das pautas do aborto, da ideologia de gênero, da liberação das drogas. Seu trabalho é capitaneado pelos organismos internacionais ligados a ONU e regiamente financiados por fundações multibilionárias, como a Fundação Ford e o megaespeculador George Soros. Com todo esse poder de fogo, controlam governos, influenciam sistemas de educação e saúde, no financiamento da "arte" pansexualizada e sacrílega. E ainda dominam a grande mídia e sua enorme máquina de propaganda. Sob a pecha de defesa de direitos humanos, tudo o que é nocivo ao pleno desenvolvimento do ser humano, da família, da criança e do adolescente tem sido empurrados para nós goela abaixo. Precisamos ter ciência disso e começarmos a assumir um compromisso mais incisivo em defesa dos nossos valores.

O GRUPIA voltará a se reunir às 8h30min da terça-feira, 29 de setembro em curso, no auditório da UNIFEBE.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados