Geral
UNIFEBE realiza pesquisa sobre os impactos da COVID-19 na mobilidade de Brusque e região
Resultado da pesquisa será entregue ao poder público.
por Assessoria de Imprensa Unifebe 30/07/2020 às 16:20

Com o objetivo de identificar os impactos da pandemia do novo coronavírus na mobilidade de Brusque e região, o Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) realiza uma pesquisa virtual para que a população responda sobre as principais mudanças econômicas, sociais e culturais que vêm sofrendo durante a pandemia.

De acordo com o professor Karol Carminatti, a ideia de desenvolver uma pesquisa com os moradores de Brusque e região surgiu a partir da participação da UNIFEBE no webinar internacional sobre os impactos da COVID-19 na mobilidade sustentável. No evento virtual, realizado no início de julho, promovido pela Universidade de Ciências Aplicadas de Karlsruhe, da Alemanha, os estudantes da UNIFEBE apresentaram um breve estudo feito com acadêmicos e colaboradores da instituição.

“A partir desse webinar pensamos em ampliar a pesquisa e aplicá-la com a população de Brusque e da região que está vinculada ao município. Nós estamos nos propondo a compreender outros impactos além da mobilidade, como os hábitos dos cidadãos, envolvendo mudanças no uso e apropriação da cidade”, explica Karol.

O intuito da pesquisa é apontar os principais impactos para que a universidade estude possíveis rumos. “Nosso compromisso como universidade comunitária é contribuir com pesquisas que possam subsidiar futuras ações do poder público e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida da nossa sociedade”, salienta a reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz.

O questionário é fruto do primeiro trabalho desenvolvido pelo grupo do Laboratório de Pesquisa e Planejamento do Território. O LabTER UNIFEBE é um grupo de pesquisa multidisciplinar que busca contribuir para o desenvolvimento humano, elaborando atividades de ensino, pesquisa e extensão no campo da Arquitetura e do Urbanismo, com foco no desenvolvimento territorial sustentável.

O LabTER é coordenado pelo professor Karol Carminatti, e contará com o apoio do professor Rui António Rodrigues Ramos, da Universidade do Minho, de Portugal, e do professor da UNIFEBE que estuda na Universidade do Minho, Julio Cesar dos Santos, além de outros pesquisadores.

A supervisora de Pesquisa e Internacionalização da UNIFEBE, professora Rafaela Bohaczuk Venturelli Knop, destaca o papel das pesquisas científicas para o futuro da cidade. “É muito importante que a população participe e responda. É com base nesses dados que nós como universidade podemos pesquisar ainda mais e utilizar o conhecimento científico em prol da sociedade”, enfatiza Rafaela.

Os dados coletados na pesquisa serão compilados e entregues ao poder público municipal. O link para acessar o questionário online estará disponível até dia 28 de agosto, no site da UNIFEBE e nas redes sociais da instituição.

 

Créditos foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados