VOLÊI
Brusquense Carlos Schwanke comanda o Brasil na Liga das Nações de vôlei masculino
Técnico substitui titular Renan Dal Zotto internado com Covid 19
por Esportesc.com 14/05/2021 às 17:11 Atualizado em 14/05/2021 às 17:19
Divulgação

O brusquense Carlos Eduardo Schwanke, 45 anos, será o técnico da seleção brasileira de vôlei masculino durante a Liga das Nações. Ele substitui Renan Dal Zotto, internado desde o dia 16 de abril no Rio de Janeiro, após ser diagnosticado com Covid-19. Schwanke, atual assistente da comissão, assume a equipe já nos três amistosos contra a Venezuela nos dias 21, 22 e 23 de maio. Logo após o último jogo, a equipe viaja para a Itália para a Liga. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) tomou a decisão nesta quinta-feira, 13.

Após o último jogo amistoso contra a Venezuela o Brasil embarca para a Liga das Nações que será disputada na Itália. A expectativa é que o técnico titular, Renan Dal Zotto, retorne ao comando da seleção antes das Olimpíadas de Tóquio. A Liga das Nações será disputada entre os dias 28 de maio e 27 de junho, em Rimini, na Itália. O Brasil estreia contra a Argentina, no primeiro dia de competição.

Schwanke tem passagens por: Al-Hilal, da Arábia Saudita e no Montes Claros. Além do trabalho na seleção, comanda o Al-Rayyan, do Catar. O brusquense tem no currículo, além de quatro títulos da Superliga com a Cimed, o Campeonato Sul-Americano. Schwanke já havia trabalhado frente a Seleção do Bahrein, única e experiência com seleção. Por lá foi vice-campeão Árabe.

Assuntos: Esporte
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados