GERAL
57ª Pronegócio encerra com mais de 650 mil peças vendidas
Negociações foram realizadas ao longo de toda a semana. Evento fomenta a economia para os próximos meses para o setor têxtil
por Ideia Comunicação 21/01/2022 às 17:55
Imagens: Divulgação

Encerrou no final da tarde desta sexta-feira, 21 de janeiro, a 57ª Pronegócio – maior rodada de confecção do país. Realizada pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), o evento foi sediado no Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco) e nesta edição apresentou produtos da coleção Inverno 2022. 

Desde a segunda-feira, 17, a rodada registrou grande movimentação, já que o evento contou com mais de 200 fabricantes de diversos locais de Santa Catarina expondo seus produtos, bem como mais de 700 compradores de todo o Brasil, que marcaram presença na rodada em busca dos melhores produtos para abastecer suas lojas. 

Ao todo, os cinco dias de negociações oportunizados pela AmpeBr geraram a venda de mais de 650 mil peças, que a partir de agora terão seus pedidos direcionados para a produção, gerando emprego e renda para centenas de empresas da cadeia têxtil catarinense. Todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19 também foram adotados no evento. 

“A sensação é de dever cumprido. Voltamos para o Pavilhão depois de dois anos, neste espaço que é a ‘casa’ da Pronegócio, onde oferecemos estrutura e conforto a todos os participantes, o que também contribuiu para as negociações. Ao longo de todos os dias recebemos compradores vindos de todo o Brasil, e conseguimos esse bom resultado para as empresas, que a partir de agora iniciam o ano já com a garantia de pedidos e de produção”, comenta a presidente da AmpeBr, Sandra Werner. 

Desenvolvimento

Segundo ela, oportunizar aos fabricantes o contato com compradores, em uma semana de negociações direcionadas, bem como oferecer aos lojistas a oportunidade de ter contato direto com mais de 200 segmentos, em um só lugar, são outros fatores que contribuem para o sucesso do evento, realizado há mais de 20 anos pela AmpeBr. “É uma semana onde o fornecedor está focado no comprador, e vice-versa, por isso que temos resultados tão bons a cada edição da Pronegócio. Além do que, nesta, contamos com fabricantes novos que já querem participar da próxima rodada, dando continuidade ao trabalho desenvolvido pela entidade, impulsionando novas negociações e fortalecendo a economia”, completa Sandra. 

Outro destaque ressaltado pela presidente da entidade foi em relação a contribuição econômica que a rodada proporcionou em diversos setores além do de confecção e têxtil, já que a vinda de compradores de outros locais do Brasil também refletiu na rede hoteleira, restaurantes, e no turismo local. Em torno de 100 pessoas também foram contratadas e atuaram diretamente nesta edição do evento, desde profissionais do setor de segurança, TI, limpeza, alimentação, motoristas e diversos outros, gerando economia e renda para diversas empresas e famílias. 

Bons negócios 

Entre os fabricantes que saíram satisfeitos com esta edição da Pronegócio estava Jussara Baumgartner, de Brusque. A empresa de pijamas, que existe há mais de 30 anos, há 17 participa da rodada, geralmente em três edições por ano. Segundo a vendedora, a 57ª Pronegócio surpreendeu e possibilitou um grande número de pedidos fechados para a produção da empresa. “O evento foi melhor do que as nossas expectativas, vendemos muito bem, foi uma semana excelente. A Pronegócio é o nosso passo inicial, ou seja: temos outros caminhos de venda, mas ela representa o início da nossa produção em cada estação”, comenta. Segundo Jussara, outro diferencial é a parceria com clientes de longa data que participam há anos das edições da Pronegócio e negociam sempre com a empresa. “É uma oportunidade única, porque como fabricante, falamos direto com o lojista, negociamos preços, prazos, da mesma forma sabemos o que o cliente precisa, o que podemos melhorar nas coleções. Além disso, como participamos há anos da rodada, já temos uma clientela fidelizada, alguns compradores nem olham as peças do showroom, já agendam direto conosco, e isso é muito bacana”, pontua. 

A vendedora Jaqueline Baldo, de Rio do Sul (SC), também avaliou de forma positiva a 57ª Pronegócio. A empresa de jeans, há quase 10 anos participa do evento em Brusque e também conseguiu bons resultados de pedidos nesta edição do evento. “As vendas superaram as nossas expectativas. É muita vantagem participar, ter contato com mais de 400 clientes em uma semana. O que vendemos nas rodadas representa cerca de 60% das nossas vendas e sempre ficamos felizes com os resultados. Agora já iniciamos a produção do verão e em maio estaremos aqui novamente”, relata. 

Diferenciais

Da mesma forma, as diversas vantagens oferecidas aos compradores na Pronegócio mantém a fidelidade de lojistas que há anos adquirem seus produtos na Pronegócio. Comprador de Capanema (PR), Mauri Manica há mais de 20 anos participa das edições da rodada e nesta 57ª não foi diferente. Percorrendo 740km para chegar a Brusque, o destino é sempre uma oportunidade de negociação para o grupo, que possui duas lojas e adquire produtos em todos os segmentos. “Acompanhamos esse processo há muitos anos e a cada edição sentimos um diferencial muito grande, muita criatividade nos lançamentos das coleções, onde vimos que os fabricantes estão acompanhando as grandes marcas e tendências, o que é muito bom para nós, lojistas. Sem falar na qualidade dos produtos daqui, que preserva muito a numeração, o tamanho exato das peças”, ressalta. 

Segundo ele, os produtos adquiridos na Pronegócio representam cerca de 40% das peças que serão vendidas nos pontos comerciais. Além disso, ele ressalta o formato oferecido pela rodada, que facilita a comparação das coleções dos fornecedores. “Nós valorizamos os representantes que visitam a nossa empresa, mas aqui na Pronegócio é sempre melhor comparar, pois no próprio showroom já podemos comparar uma coleção com a outra, a modelagem, cores, enfim, o que no meu ponto de vista é muito válido. Só temos que parabenizar a AmpeBr por realizar mais este evento de sucesso”, acrescenta. 

58ª Pronegócio

A partir de agora a AmpeBr inicia o planejamento da próxima edição da Pronegócio, que deve ser realizada nos dias 9 a 13 de maio, também no Pavilhão da Fenarreco. O evento apresentará a coleção Primavera/Verão 2022-2023. “Vamos iniciar todos os preparativos da organização do evento de maio, que tem previsão de desfile, revista, investimentos em tecnologia, e outras novidades que aos poucos queremos retomar, sempre inovando. Além disso, para o mês de fevereiro já temos duas prospecções previstas, e temos certeza que será mais uma edição de sucesso”, completa Sandra.

Assuntos: Comunidade
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados