AÇÚCAR
Brasil fecha acordo para reduzir quantidade nos alimentos
Os brasileiros consomem 50% a mais de açúcar do que o recomendado pela OMS
por Redação 27/11/2018 às 06:48 Atualizado em 27/11/2018 às 07:00

Reduzir a quantidade de açúcar em alguns alimentos industrializados para que a população tenha melhor qualidade de vida. Esse é o objetivo de um acordo assinado nessa segunda-feira (26) pelo Governo brasileiro com presidentes de associações do setor produtivo de alimentos e de bebidas não alcóolicas. A proposta pretende diminuir 144 mil toneladas de açúcar de bolos, misturas para bolos, produtos lácteos, achocolatados, bebidas açucaradas e biscoitos recheados. Ao estabelecer metas a serem alcançadas até 2022, o Brasil se destaca como um dos primeiros países do mundo a ter uma iniciativa como essa. Para o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, esse é um momento importante e que vai possibilitar mais saúde pra geração futura. 

“Isso aqui é um acordo, não é uma imposição. Então acho que é um avanço significativo, o Brasil acaba sendo pioneiro nesse acordo, com a sua própria indústria, e isso vai proporcionar que a nossa população além de ter possibilidade consumir esse tipo de alimento com menos açúcar vai proporcionar também uma melhoria da saúde dessa geração e das próximas gerações no Brasil inteiro”.

Os brasileiros consomem 50% a mais de açúcar do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e isso impacta no aumento de doenças crônicas não-transmissíveis. Para se ter uma ideia, na última década, o diabetes cresceu 54% nos homens e 28,5% nas mulheres. Outra doença que tem crescido entre os brasileiros, e que está relacionada com o alto consumo de açúcar, é a obesidade, que subiu mais de 60%.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados