CATARINENSE 2021
Brusque empata com a Chape na Arena Condá
Jogo de muita intensidade, mas poucas chances de gol marca o duelo entre primeiros colocados do Estadual
por ESPORTESC.COM 31/03/2021 às 23:57

No duelo de líderes do Campeonato Catarinense, Chapecoense e Brusque ficaram num empate sem gols na noite dessa quarta-feira (31), na Arena Condá.

Depois de um bom primeiro tempo, os times fizeram um segundo tempo sem oportunidades e o 0 a 0 perdurou durante os 90 minutos no Oeste do Estado.

Com o resultado, a Chape manteve a liderança do Catarinense, agora com 16 pontos. O Brusque segue na segunda colocação, com 14.

Os dois times voltam a jogar no fim de semana. A Chape joga no sábado (3) contra o Joinville, na Arena Joinville. Já o Brusque recebe o Figueirense domingo (4) no estádio Augusto Bauer.

O jogo
Os dois times fizeram um primeiro tempo bastante movimentado na Arena Condá.

Imprimindo um ritmo forte, as equipes jogavam em velocidade, o que gerava também muitas faltas. Com 10 minutos de jogo, o Brusque já tinha Vivico e Rodolfo Potiguar com cartões amarelos.

Depois de um início equilibrado, o Brusque passou a encontrar espaços no contragolpes, apesar disso, errava o último passe na maioria das vezes procurando no lado esquerdo Maurício Garcez.

A melhor chance do time foi aos 26 minutos, Thiago Alagoano recebeu lindo passe de Rodolfo nas costas da zaga. O artilheiro do Catarinense bateu forte e Keiler mandou para escanteio, na principal chance do primeiro tempo.

Depois dos 30 Jersinho inverteu o posicionamento de Garcez com Alex Ruan. A Chape passou a controlar a partida, mas insistiu nas bolas aéreas e não levou grande perigo à meta de Dalberson até o fim da etapa inicial.

Segundo tempo
Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo, mas em campo o jogo mudou de configuração. A Chape passou a jogar no campo do Brusque e encurralou os visitantes. A pressão era grande e os donos da casa passaram a criar chances de gol diante um acanhado Bruscão.

A pressão do adversário fez o técnico Jersinho fazer logo de cara três mudanças na equipe com o objetivo de fortalecer o meio campo, dominado pelo adversário.

Entraram Bruno Alves, Nonato e Bruno Mota nas vagas de Alex Ruan, Rodolfo Potiguar, e Pirambu, respectivamente.

O time do Brusque, no entanto, seguiu apresentando dificuldades, com a Chapecoense melhor na partida. Apesar do domínio, contudo, o Verdão do Oeste perdeu intensidade e não criou grandes chances até os 30 minutos.

Nos 10 minutos finais, no entanto, só deu Chape. A pressão voltou de forma intensa. Fabinho, aos 38, tirou tinta da trave de Dalberson. Anselmo Ramon perdeu grande chance após Everton Alemão salvar com um biquinho pouco depois.

Aos 43, outra chance incrível. Dalberson salvou finalização após cobrança de escanteio. Na sobra, o arqueiro do Brusque fez outra defesa no rebote e Nonato salvou o gol de Darlan quase em cima da linha, pra sorte do Marreco que volta com um ponto da Arena Condá.

Fotos: Jefferson Alves/Brusque FC


Assuntos: Esporte
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados