ANIVERSÁRIO
Caça e Tiro anuncia reedição da primeira Fenarreco
A festa, ainda sem data confirmada, será realizada após o fim da pandemia do coronavírus; clube comemorou 155 anos com almoço festivo
por Assessoria de Imprensa 19/07/2021 às 13:54
Imagem: Divulgação

O Clube Caça e Tiro Araújo Brusque promoveu neste domingo (18) um almoço festivo em alusão aos seus 155 anos de fundação, data celebrada na última quarta-feira (14). No encontro, a diretoria anunciou oficialmente a realização da primeira “Esquentarreco”, evento que visa resgatar a história da primeira edição da Fenarreco, maior confraternização da cidade, que surgiu nas dependências do Clube na década de 1980. A festa, ainda sem data confirmada, será realizada após o fim da pandemia do coronavírus. 

Segundo o presidente, Rogério Barbosa Nóbrega, em 1866 surgiu a proposta dos primeiros imigrantes alemães que colonizaram a então Colônia, liderados por Carlos Marschner, para ter um espaço que promovesse a cultura e a tradição germânica. “Surgiu assim o clube pioneiro que promovia almoços, festas e a ‘Schützenfest’, com o primeiro campeonato de tiro ao alvo de Brusque no período da Páscoa”, revelou. 

Nóbrega citou que o Caça e Tiro faz parte da história e tradição da cidade, promovendo grandes eventos sociais, tendo inclusive, realizado a primeira edição da Fenarreco. “E queremos resgatar, no momento em que o Clube comemora 155 anos, uma festa que relembre a primeira Fenarreco, que foi realizada no Araújo Brusque. Assim que as condições da pandemia da Covid-19 permitirem, vamos organizar essa edição comemorativa”, acrescentou. 

O Prefeito de Brusque, Ari Vequi, destacou a importância histórica e social do Caça e Tiro  em seu pronunciamento. “Temos um Clube que é orgulho para todos os brusquenses e que preserva a tradição alemã de nossos primeiros colonizadores. A importância de seus eventos, competições de tiro e seu espaço de congraçamento social, mostram que sua missão de continuar o resgate e promoção da tradição germânica se mantém ao longo de seus 155 anos”. 

A solenidade contou ainda com a apresentação músicas típicas do grupo de Canto Alemão “Deutscher Sängerverein” sob a regência do maestro Fernando Ulber, que promove seus ensaios todas as terças-feiras nas dependências sociais do Caça e Tiro. O evento foi adaptado e seguiu os protocolos de epidemiológicos de combate ao coronavírus.

Homenagens e Premiações

Tradicionalmente, a cada ano, os melhores atiradores do Caça e Tiro são homenageados em eventos sociais do Caça e Tiro Araújo Brusque. Por conta da pandemia, as premiações referentes a 2020 foram entregues em 2021. Neste domingo, foram agraciados como Rei do Clube o associado Pedro Ohlweiler, além de Altair Lauritzen e Sérgio Ulber, como primeiro e segundo Cavalheiros. Os atiradores participam de competições permanentes no interior do Clube, além de representar o Araújo Brusque em torneios regionais e nacionais. 

A diretoria também foi homenageada pelo Clube XV de Novembro, da cidade de Campo Bom (RS), o qual mantém tratado de amizade e cooperação no setor de Tiro há mais de 50 anos. Frequentemente, sócios das duas agremiações promovem atividades em conjunto, visando aprimorar a arte da prática do tiro. 

Por fim, uma das funcionárias mais antigas do Araújo e Brusque foi homenageada pela diretoria. Naira Simas Kock, que atua na secretaria, recebeu uma singela homenagem dos em reconhecimento aos seus relevantes serviços prestados aos associados.


Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados