DIA DOS PAIS
CDL Guabiruba aposta em incremento das vendas no varejo
Expectativa é que consumidores deem preferência ao comércio local na hora de escolher presentes
por Assessoria de Imprensa Amplitude Comunicação 05/08/2020 às 06:32 Atualizado em 05/08/2020 às 06:33

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Guabiruba - CDL e seus associados estão confiantes que os consumidores dêem preferência ao comércio local, para realizar a compra de presentes para o Dia dos Pais. 

Comemorada no segundo domingo do mês de agosto, a data é uma das principais para o varejo no segundo semestre. Este ano deve, a exemplo do Dia das Mães, incrementar as vendas no comércio da cidade, mesmo em meio às incertezas econômicas por conta da pandemia do novo coronavírus. 

Para isso, os empresários estão fazendo a sua parte. De acordo com levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de SC (FCDL/SC) 81,3% dos empreendedores catarinenses têm intenção de realizar promoções, campanhas e descontos. 

“Em Guabiruba, nossos lojistas também estão empenhados em oferecer o melhor para os consumidores. Por isso, acreditamos no reconhecimento da população ao adquirir os presentes para os pais no comércio local”, enfatiza o presidente da CDL Guabiruba, Giovani Ricardo Piaz. 

Conforme a pesquisa, entre 49,5% dos varejistas a expectativa é de crescimento de até 2% em relação ao mesmo período em 2019. O presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer, reconhece a situação atípica vivida pelos lojistas este ano e destaca a união do setor para vencer a crise. 

“O cenário permanece como incerto, porém os lojistas têm a consciência da importância de trabalhar com afinco por resultados no dia dos pais, pois será a última data forte antes do Natal. As CDLs estão mobilizadas para apoiar os associados”, frisa. 

Na projeção de consumo, a pesquisa demonstra que 36,8% dos entrevistados catarinenses apontaram que o tíquete médio ficará entre R$ 51 e R$ 100 e para 29,7%, de R$ 101 a R$ 150. 

Entre os presentes preferidos para os papais, a liderança permanece com os itens tradicionais, como vestuário e calçados (46,2%). Produtos eletrônicos e de informática também são considerados (9,9%), de tíquete médio mais elevado. A consulta foi realizada pela FCDL/SC entre os dias 24 e 30 de julho, junto aos lojistas associados das 20 cidades catarinenses de maior Índice de Potencial de Consumo (IPC).

Seis anos de incentivo ao comércio local

A CDL Guabiruba completou em 27 de julho seis anos de serviços prestados à comunidade por meio do associativismo, com foco no crescimento e fortalecimento do comércio local. 

Com cerca de 120 associados, a entidade oferece diversas vantagens aos lojistas, como o Serviço de Proteção ao Crédito e a Certificação Digital - documento eletrônico que garante proteção às transações on-line, com validade jurídica. 

“Tenho dito sempre que presidir a CDL Guabiruba é uma grande satisfação. Toda a diretoria trabalha motivada, pois as ações da entidade têm como objetivo alcançar os melhores resultados possíveis para o varejo.   Durante esse ano desafiador por conta da pandemia, continuamos trabalharmos diariamente visando grandes resultados para a CDL Guabiruba, seus associados e toda a comunidade”, ressalta Piaz.

Assuntos: Economia
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados