BRASILEIRO SÉRIE B
Com golaço de Thiago Alagoano, Brusque vence CRB
Camisa 10 sai do banco para garantir a vitória do Marreco no fim
por EsporteSC.com 15/11/2021 às 18:12
Divulgação

Numa tarde emocionante no estádio Augusto Bauer, o Brusque venceu o CRB por 1 a 0 e deu um passo importante para seguir dependendo apenas de si para se livrar da zona de rebaixamento da Série B.

O gol salvador do Marreco saiu aos 40 minutos da etapa final. Thiago Alagoano entrou no segundo tempo para fazer o seu gol de número 50 com a camisa do clube e garantir o triunfo.

Com o resultado, a equipe chegou a 41 pontos, na 15a colocação, fora da zona de descenso. O time volta a campo na próxima sexta-feira, contra o Operário e pode até se garantir na Série B caso vença seu jogo e Vitória e Londrina tropecem.

O jogo
Diante o melhor visitante da Série B, o Brusque começou com tudo no Augusto Bauer. Logo com 20 segundos, Edilson, que ganhou a vaga de Toty, suspenso, fez grande jogada pela direita e cruzou. Por pouco Edu não ganhou na dividida com o goleiro Diogo Silva.

Um minuto depois, após cruzamento rasteiro na área, Edu furou e perdeu grande chance. O artilheiro do Brasileirão ainda perderia uma chance mais incrível aos 8.

Ele interceptou chutão da zaga do CRB no meio campo e só não saiu livre na cara do goleiro alagoano porque adiantou demais e perdeu o controle da bola. O lance foi muito lamentado pelo torcedor brusquense.

O gol parecia questão de tempo, mas aos poucos o Marreci foi perdendo o gás. Até o fim do primeiro tempo, as chances foram escassas. O CRV criou duas chances com Pablo Diego, enquanto o Brusque assustou em cruzamento de Garcez que por pouco John Cley não alcançou.

Etapa final
Os times voltaram para o segundo tempo sem alterações e o cenário dos minutos iniciais foram os mesmos do começo do jogo. O Brusque pressionava e o CRB se defendia bem. Numa das melhores chances do jogo, Edu, quase sem ângulo, aproveitou cruzamento da direita e mandou de cabeça, no travessão logo aos 4. Pouco depois, Fillipi Souto finalizou por cima e perdeu boa chance.

Com pouco mais de 10 minutos, Waguinho fez as primeiras alterações. Ele tirou Fillipi Souto e John Cley para a entrada de Foguinho e Thiago Alagoano.

O Brusque seguiu melhor, mas faltava acertar a última bola. Aos 28, Thiago Alagoano, de cabeça, obrigou Diogo Silva a fazer uma defesa incrível. Mas a arbitragem já havia adotado impedimento. Aos 35, Waguinho ainda colocou Bruno Alves na vaga de Garcez e, mesmo sem mudar em relação a formação inicial, empurrado pelo torcida, o time foi com tudo para a pressão.

Aos 40 saiu o gol salvador. Thiago Alagoano, que vinha sendo muito críticado nas últimas rodadas, garantiu o triunfo ao marcar o seu gol de número 50 para o clube. Um golaço ao desviar cruzamento na pequena área área fazer explodir o grito de gol do torcedor no Gigantinho.

Assuntos: Esporte
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados