Futebol
Com gols de Airton e Garcez Brusque vence Operário e garante permanência na Série B
Marreco faz grande partida e assegura manutenção na segunda divisão
por EsporteSC 19/11/2021 às 20:56 Atualizado em 19/11/2021 às 20:57
Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Um golaço do lateral Airton e outro do atacante Maurício Garcez garantiram o Bruscão na Série B de 2022. Pressionado na luta contra o rebaixamento, a equipe confirmou presença na próxima edição da competição após o lateral estufar as redes com um petardo aos 10 minutos de jogo. Na etapa final, Garcez recebeu de Edu e definiu o placar.

A vitória por 2 a 0 sobre o Operário, em jogo disputado na noite desta sexta-feira (19) no estádio Augusto Bauer levou os quase 2 mil torcedores que compareceram ao Gigantinho a uma explosão de alegria.

Com 47 pontos na tabela de classificação, a equipe avançou parcialmente para a 10a colocação e vai apenas cumprir tabela na última rodada, quando o Marreco enfrenta o Goiás, fora de casa.

O jogo
O Operário iniciou buscando mais ao ataque, mas não conseguiu produzir nada nos minutos iniciais de partida. O Brusque tinha espaços, por sua vez não aproveitava. A exceção foi aos 10 minutos, quando a equipe chegou ao gol. Thiago Alagoano, novamente entre os titulares, deu um lindo passe para Airton, com um toque sutil de costas. A jogada matou o sistema defensivo do Operário e possibilitou que o lateral aparecesse completamente livre, nas costas da zaga. O camisa 6 completou o lance com perfeição. Ele matou no peito com estilo e, na sequência, invadiu a área e fuzilou na gaveta o gol paranaense, com um lindo chute cruzado.

Depois do gol, os dois times pouco produziram. Garcez, Airton e Zé Matheus eram os destaques do Brusque, mas a equipe não conseguiu explorar os espaços deixados pelo Operário. Na melhor chance, Airton cruzou e Edu, sozinho, perdeu chance incrível de cabeça. Pelo lado dos visitantes, apenas uma finalização na primeira etapa. Um chute pra fora, sem levar perigo ao gol de Ruan Carneiro.

Etapa final
O Brusque voltou para o segundo tempo disposto a liquidar a fatura. Com 3 minutos, Airton rolou para Garcez dentro da área. O atacante bateu, a bola desviou e explodiu no travessão. Pouco depois, Garcez mais uma vez levou perigo. O jogador tentou de bicicleta, mas a bola foi no meio do gol.

Perto dos 15, Edu invadiu a área pela direita, ganhou da marcação e foi derrubado. O pênalti aparentemente foi claro, mas a arbitragem nada marcou, para contestação da torcida.

Do banco, Waguinho chamou Foguinho para a entrada de Thiago Alagoano, que saiu muito aplaudido. Edu, aos 20, recebeu de Zé Matheus e obrigou o goleiro a fazer grande defesa.

Com mudanças vindas do banco, o Operário se abriu de vez e passou a ceder contragolpes ao Brusque. Aos 22, Foguinho recebeu completamente livre, mas foi Fominha e desperdiçou a chance de matar a partida ao finalizar fraco, em cima do goleiro. Edu esperava o passe com o gol aberto.

Mas foi com o próprio atacante que saiu a jogada que culminou no gol que confirmou o Bruscão na Série B de 2022. Aos 25, o jogador ganhou da marcação e cruzou para Maurício Garcez, completamente livre, empurrar para as redes e fazer a festa da torcida. Ao som de “arere, o Brusque vai jogar a Série B” o torcedor fez a festa até o apito final no Gigantinho.


Assuntos: Esporte
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados