Balanço
Comandante da Polícia Militar apresenta dados estatísticos de 2018
Para o tenente-coronel a PM de Brusque tem trabalhado com bons números e bons resultados, mas pretende melhorar ainda mais, pois busca a perfeição
por Departamento de Jornalismo - Rádio Araguaia 08/01/2019 às 18:54 Atualizado em 15/01/2019 às 14:41

Na tarde de terça-feira (8) o comandante do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque, o tenente-coronel Otávio Manuel Ferreira Filho realizou uma coletiva para profissionais de imprensa. O objetivo da reunião que aconteceu no auditório do batalhão foi apresentar dados estatísticos do ano de 2018 na segurança pública de Brusque e região. De acordo com o comandante, a Polícia Militar de Brusque tem trabalhado com bons números e bons resultados, mas pretende melhorar ainda mais, pois busca a perfeição.

Ele destacou que, se comparados os dados de 2018 com 2017 os números são favoráveis, porém, o principal gargalo ainda é o número de furtos. Dados divulgados na coletiva mostraram que em 2017 foram registrados 635 furtos em Brusque e em 2018 o número subiu para 663. “Temos metas para alcançar até o final do ano de 2019, pois é nossa obrigação  e  nosso dever melhorar ainda mais para garantir a qualidade de vida e o progresso de Brusque e região”, disse.


A rede de vizinhos tem sido uma alternativa eficaz para evitar furtos no município de Brusque e nos municípios da região. Para o comandante, a troca de informações possibilita que cada vizinho ajude a cuidar do patrimônio do outro. Por meio de um aplicativo de celular qualquer anormalidade é comunicada aos órgão competentes, impedindo a ação de criminosos.

No quesito solução de crimes, Otávio ressaltou que Brusque tem 90% dos homicídios solucionados. Para ele, este é um fator muito favorável. “Enquanto no Brasil a média de elucidações é de 90% não solucionados, em Brusque temos uma segurança de excelência”, disse, reforçando a importante parceria entre as Polícias Civil e Militar no trabalho de investigação.



Para o comandante, o momento que o país está vivendo é um divisor de águas para a segurança pública, tendo em vista a posse do presidente Jair Bolsonaro e do comandante Carlos Moisés, no governo do Estado, ambos provenientes da área da segurança pública. “Merecemos uma atenção igualitária para fazer com que a sociedade tenha mais tranquilidade e possa usufruir do seu espaço”, destacou.


Uma das metas de Otávio como comandante do batalhão é trabalhar no acompanhamento de crianças, adolescentes e jovens nas escolas. Segundo ele, o aluno problema na escola de hoje será o bandido de amanhã. “Nosso objetivo é trabalhar o jovem na fase tenra da idade e fazê-lo rever suas atitudes, dando suporte aos pais, por meio de uma atenção especial para fazer com que esse aluno volte para o caminho certo”, frisou.

Para finalizar, o comandante destacou a importante parceria que os órgãos de segurança pública tem entre si e com os diversos setores da sociedade de Brusque. “Nós temos um apoio muito grande dos órgãos públicos, da justiça, somado ao perfil da Polícia Militar de Brusque que é de excelência, que resultam em uma das cidades mais seguras de Santa Catarina e do Brasil”, finalizou.

 

Assuntos: Segurança
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados