PRODUÇÃO
Documentário vai contar a história de Guabiruba
Audiovisual produzido pela Prime Filmes será lançado em dezembro
por Assessoria de Imprensa Amplitude Comunicação 25/11/2021 às 13:35
Foto: Divulgação Prime Filmes

A história da Cidade do Pelznickel será contada em um documentário inédito, produzido pela Prime Filmes. O audiovisual “GUABIRUBA” será lançado ainda este ano, com exibição especial de lançamento no dia 15 de dezembro, com reapresentação no dia 16, na Câmara de Vereadores da cidade. 

Em 25 minutos, o documentário vai resgatar a história do município, que completa 60 anos em 2022, a partir da imigração das primeiras famílias alemãs, italianas e polonesas, mostrando o seu contato com a floresta intocada e os indígenas que viviam na região. Também serão abordadas áreas como  a indústria, a educação, o esporte, a cultura e o folclore, bem como, a emancipação político-administrativa.  

“O documentário traz a fala de moradores,  descendentes de imigrantes e estudiosos da história local e regional. Gente que vive em Guabiruba e traz todo carinho e orgulho em compartilhar suas memórias,  histórias e tradições.  É uma contribuição para que essa história seja socializada de uma forma diferenciada e atrativa que é o audiovisual. Será um documento histórico de grande valia para o estudo das origens de Guabiruba e poderá ser um estímulo às ações das próximas gerações”, explica a diretora, Denise Serafini Furtado.

O historiador Saulo Adami, roteirista do documentário “GUABIRUBA”, lembra que a iniciativa da emancipação político-administrativa partiu do professor Carlos Boos, que cumpria seu quarto mandato consecutivo no Poder Legislativo de Brusque. “Ele enfrentou resistência de alguns de seus pares para levar seu objetivo adiante, mas conseguiu fazer sua Guabiruba natal independente de Brusque. A instalação do município se deu em 10 de junho de 1962, e, no ano seguinte, Boos foi seu primeiro prefeito eleito. Essa e outras histórias, o público vai conferir no documentário”, conta. 

Gravações

Entre os atores sociais que participam desse resgate da história da chegada dos imigrantes, estão o  presidente da Sociedade do Pelznickel, Fabiano Siegel e da reitora da Unifebe e historiadora, Rosemari Glatz.  

“Unindo depoimentos e documentação histórico-fotográfica, “GUABIRUBA” vai revelar a história da comunidade e de seus representantes nos mais diversos setores de atividade, contribuindo para a preservação da memória das famílias e do recém-criado município”, conta o produtor Darlan Serafini. 

A equipe de produção do documentário de “GUABIRUBA” é integrada por profissionais com ampla experiência na realização de audiovisuais: historiadores, produtores, roteiristas, cinegrafistas, editores e colaboradores da Prime Filmes. 

Apoiam o projeto a partir da Lei de Incentivo à Cultura  as empresas Guabifios, Kohler Embalagens, Warusky, HJ Tinturaria, NCA Malhas, Supermercados Archer e Tinturaria Florisa.

O documentário “GUABIRUBA”, realizado pela Prime Filmes, prevê a confecção de 300 cópias em DVD para distribuição gratuita às escolas, universidades, arquivos históricos e bibliotecas públicas municipais do município de Guabiruba e também da região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

Para mais informações sobre o documentário, acesse o perfil @doc.guabiruba no Instagram.

Assuntos: Comunidade
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados