MAU TEMPO
Estado mantém operação de apoio aos municípios atingidos pelas chuvas
Até o momento 23 municípios relataram ocorrências. Os trabalhos estão sendo acompanhados de perto pelo governador e pelo chefe da Defesa Civil
por Secom / Governo de SC 11/06/2021 às 05:51 Atualizado em 11/06/2021 às 05:52
Imagem: Divulgação

O atendimento nas áreas atingidas pelas tempestades nesta semana segue acelerado pelas equipes do Governo do Estado. Até o momento 23 municípios relataram ocorrências em função das fortes chuvas. São eles: Balneário Gaivota, Brusque, Camboriú, Canelinha, Criciúma, Cocal do Sul, Guaraciaba, Gravatal, Içara, Imbituba, Imaruí, Itajaí, Jaguaruna, Laguna, Luiz Alves, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Penha, Santa Rosa Do Sul, Tubarão, Timbó e Timbé do Sul.

Os trabalhos estão sendo acompanhados de perto pelo governador Carlos Moisés e pelo chefe da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), David Busarello. "Toda a estrutura do Governo do Estado está mobilizada e trabalhando em defesa da segurança das pessoas e para a reconstrução do que foi danificado. Mantemos um diálogo próximo com os municípios para somar forças neste momento", afirma o governador.

Já foram liberados pela Defesa Civil de Santa Catarina 285 cestas básicas, 363 colchões, 303 kits de acomodação, 316 kits de higiene, 257 kits de limpeza e cinco rolos de lona. Os itens de assistência humanitária foram entregues nesta quinta-feira, 10, para as famílias atingidas no município do Sul do Estado. A entrega continua nesta sexta-feira, 11, com uma grande operação de logística que conta com o apoio do Ministério Público de Santa Catarina.

Para apoiar os municípios, sete coordenadorias regionais da DCSC estão mobilizadas. “Estamos dando todo o suporte e apoio aos municípios e temos a orientação do governador Carlos Moisés de não medir esforços para proporcionar uma resposta rápida às famílias atingidas”, comentou Busarello. O chefe da Defesa Civil destaca que devido aos altos acumulados registrados nos últimos dias um aviso foi emitido sobre o risco de deslizamentos para 28 cidades catarinenses, sendo Canelinha com alerta máximo, Tubarão e Camboriú em alerta.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados