MOBILIDADE
Governo divulga balanço de investimentos nas estradas catarinenses
Atualmente, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade está com cerca de 30 obras em andamento
por Secom / Governo de SC 05/01/2022 às 04:51
Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Em 2021, Santa Catarina se transformou em um canteiro de obras. E a perspectiva é que neste novo ano volume de trabalho aumente ainda mais. Para se ter ideia, atualmente a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade está com cerca de 30 obras em andamento em rodovias de todas as regiões catarinenses e há outras dezenas em fase de licitação, com ordem de serviço prestes a serem assinadas.

“Primeiramente colocamos a casa em ordem. As estradas catarinenses estavam tão abandonadas que os serviços de tapa-buraco não dão mais conta do recado, são apenas paliativas. Como qualquer bem sem manutenção, a maior parte das SCs precisa ser restaurada e por isso é necessário elaborar projetos de engenharia rodoviária”, explica o secretário titular da pasta, tenente-coronel Thiago Vieira.

Neste momento, estão em elaboração cerca de 100 projetos de engenharia para implantação (pavimentação) e restauração de rodovias. No ano passado, o número não chegava a 10. Ainda assim, somente em 2021, cerca de 10 demandas históricas dos catarinenses saíram do papel para se tornarem realidade. Entre elas a maior obra de contenção realizada no Estado, na SC-390, a Serra do Rio do Rastro. A recuperação das pontes de acesso à Capital, Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, que estavam a um passo da interdição, também estão fora de perigo.

Paralelamente a isso, a secretaria investiu mais de R$ 91 milhões em serviços de recapeamento, tapa-buracos, sinalização e roçada em estradas catarinenses. “É certo que há muito a ser feito, mas nunca se investiu tanto em recuperação quanto agora. Enquanto são elaborados projetos e licitadas obras, essa restauração funcional, como chamamos, garante trafegabilidade”, destaca Vieira.

Foram mais de 250 processos licitatórios realizados em 2021. E a gestão focada no respeito ao recurso dos contribuintes resultou em uma economicidade de 103,5 milhões.

Governo municipalista

Com uma política municipalista e descentralizadora, o Governo do Estado, por meio da Infraestrutura, investiu neste ano cerca de R$ 500 milhões para obras realizadas por meio das prefeituras nos municípios. Foram quase 100 cidades recebendo valores para obras estruturantes que fazem todas a diferença no cenário local.

Investimento em rodovias federais

 Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Além disso, Santa Catarina garantiu R$ 465 milhões de investimentos em rodovias federais em solo catarinense: as problemáticas importantes BRs 470 (Vale), 280 (Norte), 163 (Oeste) e 285 (Extremo Sul). Já foram desembolsados mais de R$ 70 milhões.

“Para os catarinenses não importa se a estrada é municipal, estadual ou federal. Os catarinenses querem e merecem qualidade de vida, segurança viária, condições de logística. É para melhorar a vida dos catarinenses que trabalhamos, por isso investimos em todas as frentes”, conclui Vieira.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados