HOSPITAL AZAMBUJA
Ivan Martins faz indicação para que o Executivo possibilite doações de munícipes
Por adesão, as contribuições poderiam ser feitas por meio de guia de arrecadação, como o carnê do IPTU, explicou o vereador
por Assessoria de Imprensa da Câmara de Brusque 11/05/2019 às 06:37

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 7 de maio, o vereador Ivan Martins (PSD) se pronunciou sobre a situação da saúde pública no município, em especial do Hospital Azambuja. Ele destacou que a instituição é ciente de sua importância e responsabilidade regional, mantendo-a em funcionamento e atendendo grande fatia da população da cidade, mesmo com registros de déficit orçamentário anual. 

“A demanda é muito grande e somente o Azambuja tem o pronto-socorro que atende pelo SUS”, pontuou. O vereador explicou a indicação de sua autoria, onde solicita que o Executivo possibilite doações em pecúnia de munícipes ao hospital, por meio de guia de arrecadação municipal. 

“Em pesquisa realizada, constatou-se que várias prefeituras viabilizam que a comunidade realize doações espontâneas para suas casas de saúde, por meio do carnê de IPTU”, justifica a proposição. A contribuição, explica o orador, não seria obrigatória, mas por adesão. “Vai resolver a situação? Claro que não, mas ajudaria de forma considerável”, esclareceu.  

Jardim Maluche

O parlamentar ainda abordou a questão do descarte de lixo no bairro Jardim Maluche, tema levantado pelo vereador Jean Pirola (PP) durante a reunião. Martins se disse surpreso ao verificar essa situação no referido bairro: “São pessoas esclarecidas, que tem condições de dar destino a esses entulhos que são jogados no meio da pista”. Ele sugeriu que a Associação de Moradores do Jardim Maluche (AMASC) tome as medidas cabíveis para resolver o problema. 

Cultura 

Em referência à peça teatral “Fanny: A rainha da cidade”, realizada pelo brusquense Trama Grupo de Teatro, Martins teceu elogios aos organizadores e atores da companhia. Ao chamar atenção para o assunto, o parlamentar questionou a falta de um teatro municipal em Brusque. “Por que não incentivar esses grupos teatrais e tudo o que é Arte? As administrações devem pensar nisso e dar atenção a todos”, sugeriu.

Assuntos: Saúde
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados