Hospital Azambuja
Legislativo pede rapidez no credenciamento para cirurgias oncológicas
Ivan Martins, autor do requerimento, relatou dificuldades enfrentadas por pacientes brusquenses que se deslocam até Blumenau para o tratamento
por Assessoria de Imprensa 22/05/2019 às 16:02 Atualizado em 22/05/2019 às 16:10

Na sessão ordinária desta terça-feira, 21 de maio, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade o Requerimento n° 45, que pede o envio de expediente à Secretaria de Saúde do estado para que analise, com brevidade, o pedido de credenciamento do Hospital Azambuja para realização de cirurgias oncológicas de todas as especialidades pelo SUS, o Sistema Único de Saúde.

O vereador Ivan Martins (PSD), autor da proposição, salientou que Blumenau é o município credenciado e referência no atendimento desses pacientes na região. “Nós temos em Brusque mais de 600 pessoas acometidas de câncer, tendo que se deslocar a Blumenau para tratamento. Nós sabemos o quanto é difícil para essas pessoas fazer o trajeto de volta após uma sessão de quimioterapia”, disse.

Estrutura

No texto, Martins ressalta o indicador de 25 novos casos de câncer diagnosticados por mês, em média, no município. O parlamentar destacou que a unidade brusquense “possui completa estrutura para cirurgias oncológicas de todas as especialidades, contando com pré-atendimento, realização de todos os exames, diagnósticos, médico oncologista, pós-cirúrgico, titulações e protocolos”.

Ele explicou que a justificativa de não liberação, até então, era de que a instituição ainda não estava preparada para atender esses pacientes, no que diz respeito a cirurgias e demais etapas do tratamento. O vereador anunciou, com respaldo de Evandro Roza, o diretor administrativo da unidade, que já estão sendo feitos os referidos procedimentos no hospital e que o credenciamento para realizá-los pelo SUS está em trâmite final, no aguardo de decisão do departamento competente da secretaria estadual. “O que estamos vendo é uma morosidade muito grande do governo do estado em atender essa solicitação”, criticou.

Sebastião de Lima, o Dr. Lima (PSDB), também se manifestou sobre o pedido: “Brusque já ocupa um espaço onde não existe mais a possibilidade de protelar isso, por burocracia. O parlamentar pontuou a estrutura do Azambuja para a área e ainda garantiu que, quanto ao Poder Legislativo, não serão medidos esforços para que esse serviço seja prestado pela instituição à comunidade do município e da região. Ainda abordaram o assunto os vereadores Marcos Deichmann (Patriota) e Alessandro Simas (PSD).

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados