UNIFEBE
Modelos criados por acadêmicos destacam-se em desafio regional
Seis trabalhos da instituição estão entre os semifinalistas da região sul no concurso nacional
por Assessoria de Imprensa Unifebe 12/11/2021 às 05:38 Atualizado em 12/11/2021 às 05:39
Imagem: Divulgação

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) é a instituição de ensino da região Sul, com o maior número de projetos semifinalistas do 2º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores. Dos 20 looks semifinalistas regionais, seis foram criados e confeccionados pelos acadêmicos de Design de Moda da instituição.

O concurso nacional tem como principal foco a divulgação do algodão como matéria-prima, por meio da descoberta de novos profissionais da área de moda, que utilizem a referida fibra em suas coleções e que se enquadrem como estudantes de faculdades e cursos de Moda no Brasil.

Nessa fase da competição, os looks desenvolvidos pelos estudantes passaram por uma seleção preliminar de avaliação dos trabalhos inscritos de cada uma das cinco regiões geográficas brasileiras, como Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. A comissão organizadora selecionou, virtualmente, até 20 trabalhos regionais como semifinalistas. 

Para inscrever os acadêmicos na competição, o curso de Design de Moda da UNIFEBE criou um projeto integrador com todas as disciplinas da 2ª fase, com o intuito de auxiliar e orientar o desenvolvimento das peças. As criações poderiam ser livres, mas como sugestão das professoras, os looks deveriam trazer características de períodos ou movimentos históricos do Brasil. 

Quando as acadêmicas Isadora G. Franco e Bruna Naeli Juanini receberam a proposta, logo surgiu a ideia de retratar em suas peças o Movimento Tropicalista.  Além do conhecimento que já possuíam sobre o assunto, as estudantes pesquisaram sobre o tema, desde a ditadura militar até as metáforas utilizadas nas canções dos artistas do movimento. O desenvolvimento das peças foi baseado em referências históricas e culturais, e cada look possui uma metáfora análoga a alguma música, artista, filme ou fato histórico. 

O look inscrito pela dupla no concurso traz a cor azul, referência ao Azul de Amaralina, presente na canção “Tropicália”, de Caetano Veloso. Já na parte superior, as alunas utilizaram um redesign da arte feita por Rogério Duarte, que é retratado na capa do filme “Deus e o Diabo na terra do Sol”, de Glauber Rocha. O próprio nome da coleção é uma alusão à canção “Alegria, Alegria”. 

“É gratificante e recompensador estar na semifinal de um desafio como o Sou de Algodão + Casa de Criadores. Nos dedicamos muito para o desenvolvimento do projeto e estamos ansiosas pelo resultado final”, comenta a acadêmica Isadora G. Franco. 

A coordenadora de Design de Moda da UNIFEBE, professora Jô Rosa, salienta que o resultado da semifinal do concurso é fruto do comprometimento dos acadêmicos e professores do curso. “Desde o início do projeto todos deram seu máximo e mostraram que não é à toa, que nossa região é reconhecida como a capital da Moda. Estou muito orgulhosa e esperançosa com os próximos resultados”, conclui a professora. 

Agora, os 20 trabalhos de cada região serão avaliados, em plataforma digital, por uma comissão julgadora, formada por profissionais regionais e/ou nacionais do mercado de moda, que atribuirá notas nos requisitos definidos pela organização do concurso. De todos os trabalhos avaliados, dois candidatos de cada região serão nomeados, totalizando até dez finalistas, que seguirão para a etapa final, em desfile presencial a ser realizado em edição do evento Casa de Criadores, no primeiro semestre de 2022. 

Semifinalistas representantes da UNIFEBE:

Daniele da Silva e Lara Fabian de Andrade

Bruna Bononomi eThais Maria M. Pizzi

Isadora G. Franco e Bruna Naeli Juanini

Gabrieli Búrigo Cirino e Guilherme H. Petersen

Taine Centurião Barcellos e Talita Azevedo

Rizia Santos Barbosa e Jéssica Tuelen Krein

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados