PLANTÃO DE POLICIA
Mulher é achada acorrentada em arvore após assalto
Antes de abandonar a vítima, os bandidos ameaçaram jogá-la de uma ribanceira
por ND MAIS 24/07/2021 às 11:35 Atualizado em 24/07/2021 às 11:36
Divulgação

Uma mulher de 60 anos foi roubada, acorrentada em uma árvore e abandonada pelos bandidos nesta sexta-feira (23) no Vale do Itajaí.

O crime ocorreu no limite entre os municípios de Ascurra e Indaial, por volta das 10h. De acordo com informações da Polícia Militar, a Central de Atendimento recebeu um chamado sobre um carro abandonado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca.

Ao chegar no local, os policiais encontraram o automóvel, um Corsa, atravessado na via, com a parte dianteira na beira de uma ribanceira. Os policiais iniciaram os procedimentos como se fosse uma ocorrência de trânsito. Porém, logo começaram a ouvir gritos vindos da mata pedindo por socorro.

Os agentes entraram na mata e encontraram a vítima acorrentada pelas mãos em uma árvore e muito nervosa. A mulher relatou que havia ido ao cemitério de Ascurra pela manhã e, ao sair do local, percebeu que um carro preto a seguiu.

Em certo momento, o carro, um HB20 preto segundo a vítima, cortou a frente da vítima. Quando os veículos pararam um homem encapuzado desceu do carro preto e entrou no banco traseiro do carro da vítima. Com a arma em punho, o bandido teria ameaçado a mulher e dado ordens para ela continuar dirigindo.

O homem ordenou que ela seguisse pela BR-470 em direção ao litoral. No caminho, ele mandou que entrasse na rua Orrefors, no bairro Warnow, já em Indaial, e seguindo pela Mal. Deodoro da Fonseca, onde o carro foi encontrado. No local, a vítima relatou que ouviu os bandidos falando no celular que já “estavam com a encomenda” e que “precisavam pegar os outros R$ 5 mil”. Na sequência, os bandidos teria dito a ela que a acorrentariam no veículo e jogariam ribanceira abaixo, mas, por um motivo que ela não soube explicar, eles desistiram da ideia e a acorrentaram na árvore.

Aos policias, a vítima relatou ainda que eram dois assaltantes, ambos estavam encapuzados e a única característica física da qual ela se recorda é de que um deles tinha a palavra “Jesus” escrita na mão direita, sendo cada letra em uma articulação.

No total, os bandidos roubaram um telefone celular, uma bolsa, documentos particulares e R$ 800 em dinheiro. A PM resgatou a vítima e a levou aos hospital para receber atendimento e, na sequência, para a delegacia de Polícia Civil para fazer o registro do crime.


Assuntos: Segurança
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados