PAVILHÃO
Na Câmara, Kito Maestri esclarece novas regras para utilização a partir de 2019
Segundo Maestri, a administração estabeleceu os preços conforme uma análise de mercado e garante que são os menores de Brusque e região
por Redação 28/11/2018 às 06:56 Atualizado em 28/11/2018 às 07:51

Durante a sessão da Câmara de Vereadores de terça-feira (27), o diretor de turismo da prefeitura de Brusque, Kito Maestri fez uso da tribuna para esclarecer as novas regras para a utilização do pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, da Fenarreco a partir do ano de 2019.

Segundo Kito, novos valores para as diárias de utilização tanto do pavilhão, como do estacionamento foram estipulados por meio de um decreto assinado pelo prefeito Jonas Oscar Paegle. De acordo com o diretor, o tema é polêmico e por isso precisa ser esclarecido. 

Entre as novas regras está a questão da cobrança de uma taxa pré-evento, no valor de R$ 200 por dia. Essa cobrança será feita para os dias em que houver a necessidade de efetuar a montagem da estrutura, decoração, entre outras necessidades. Já a diária para eventos será de R$2,5 mil. Além da cobrança de R$ 1 mil para a utilização do estacionamento. 

Segundo Maestri, a administração estabeleceu os preços conforme uma análise de mercado e garante que são os menores de Brusque e região, tendo em vista a estrutura que é oferecida. 

Contudo, de acordo com o diretor, haverá exceções na cobrança de taxa para eventos filantrópicos. Segundo ele, nesses casos será feita uma análise em cada caso que será estudada pela administração. 

As novas regras passam a valer a partir de 2019 e conforme Kito, o calendário de eventos para o ano que vem está lotado. Ele destaca que a cobrança não afugentou os interessados em realizar eventos no pavilhão.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados