INICIATIVA
Observatório Social retorna atividades presenciais nas escolas
Atividades do Programa Observador Social Mirim estavam suspensas desde o início de 2020
por Assessoria de Imprensa Amplitude Comunicação 25/11/2021 às 13:33
Imagem: Divulgação

O Observatório Social de Brusque (OSB Brusque) retornou às atividades presenciais nas escolas da região, por meio do Programa Observador Social Mirim. 

Desde a suspensão das aulas presenciais, no primeiro semestre de 2020, a aplicação do programa estava suspensa nas unidades de ensino públicas e privadas, para os alunos do quarto ano do ensino fundamental. O retorno ocorreu na última semana, após autorização da portaria estadual  n° 2851.

“Voltar para a sala de aula foi como um grito preso em nossa garganta. Rever os alunos e sentir aquele frio na barriga que toda aula nos traz foi inexplicável. Também foi emocionante poder cantar nosso hino do OS Mirim com os alunos presencialmente. Para mim, era como se estivesse faltando algo em meu cotidiano. Entrar na escola pela primeira vez, depois desse período, foi para dizer que vencemos essa etapa difícil que vivemos. Esperamos continuar a levar o conhecimento para os alunos e no próximo ano podemos continuar nosso trabalho com amor e carinho”, comenta o educador fiscal do programa, Felipe Gonçalves do Nascimento.

Atuação

A última ação presencial do OS Mirim foi realizada em 2019, ano em que foram beneficiados 2.098 estudantes de 51 escolas das cidades de atuação da instituição. Por isso, era grande a expectativa pelo retorno das atividades. 

“Nós optamos em não migrar o programa para o ensino a distância, por conta de toda a metodologia utilizada para a aplicação, que envolve muita interação, jogos, brincadeiras e outras atividades lúdicas”, explica a consultora pedagógica de Educação Fiscal e Cidadania do Observatório, Priscila dos Santos Petermann. 

Neste período em que o programa ficou suspenso, a equipe fez alguns ajustes e planejou melhorias para o retorno. “Esse intervalo serviu para que fizéssemos algumas melhorias em nossa revista, brincadeiras, didática e jogos, além de nos organizarmos quanto às regras sanitárias, para a segurança da equipe do OSB Brusque e também do público que irá nos receber. Um exemplo é o uso de luvas. Como já estava tudo pronto e ajustado, estávamos muito ansiosos para voltar”, destaca. 

A previsão é de que 11 turmas de seis escolas de Brusque, Guabiruba e Botuverá recebam as atividades ainda no ano letivo de 2021. 

O programa

Criado em 2016 pelo OSB Brusque, o Observador Social Mirim é um programa de apoio pedagógico e de complemento educacional nas áreas de educação fiscal e cidadania, aplicado em todas as escolas públicas e privadas dos municípios de Brusque, Guabiruba e Botuverá. Tem como público-alvo os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental. 

Desde o início de suas atividades, o programa já beneficiou aproximadamente 7 mil crianças e foi reconhecido com o Selo Pró-Íntegro 2018 de Prevenção Primária à Corrupção. Além de receber o Selo, as propostas selecionadas participaram de uma rodada de apresentação para a Rede Colaborativa do Programa Nacional de Prevenção Primária à Corrupção, composta por várias entidades públicas e muitas empresas privadas, além de universidades. O objetivo é potencializar essas propostas, para que elas cheguem a mais pessoas fomentando, a partir disso, uma mudança significativa na sociedade.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados