BR-470
Problema com estrutura de vigas suspende obras em trecho em Gaspar
Uma das seis estruturas ficou presa a um guindaste, cedeu e resultou no rompimento das demais vigas
por Jornal de Santa Catarina 21/05/2019 às 09:49 Atualizado em 21/05/2019 às 09:50

A colocação de vigas no trecho do KM 30, da BR-470, em Gaspar está suspensa. Na tarde desta segunda-feira, o alargamento das bases da primeira viga a ser levantada se desprendeu, logo após ser levantada. O consórcio responsável pela duplicação do lote 2 da rodovia, Ivaí-Setep, interrompeu os trabalhos preventivamente. As intervenções para colocação de vigas começaram por volta das 7h desta segunda-feira e a primeira estrutura seria colocada no início da tarde.

Procurada pela reportagem do Santa, o consórcio responsável pela duplicação do trecho informou que vai se pronunciar por nota oficial. Esta é a segunda vez que os trabalhos são suspensos neste local. Pouco mais de um ano atrás, a colocação de vigas no local terminou em um acidente. Uma das seis estruturas ficou presa a um guindaste, cedeu e resultou no rompimento das demais vigas, que foram colocadas ao longo do dia. A obra, que ainda previa a colocação de 12 vigas, foi suspensa.

Nota do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) se manifestou por nota conforme abaixo:

A Superintendência Regional do DNIT em Santa Catarina informa que o lançamento de vigas no km 30, bairro Margem Esquerda de Gaspar, no Vale do Itajaí, como parte das obras de duplicação da BR-470, previsto para esta segunda-feira, foi suspenso.

Após o incidente ocorrido em fevereiro do ano passado quando seis vigas quebraram em razão do efeito dominó a partir do tombamento da primeira que havia sido lançada, o Consórcio contrato pelo DNIT para execução da obra providenciou avaliação de especialista nas demais 24 vigas. O laudo apontou que estruturalmente as vigas estavam aprovadas. No entanto, foi recomendado o alargamento das bases das mesmas.

O procedimento foi realizado e as bases foram aumentadas em 30 cm cada. Durante a operação de hoje parte do alargamento de uma das vigas se rompeu e fez com que os técnicos que atuavam no trabalho suspendessem a operação. Nesta terça-feira (21), nova avaliação das estruturas será realizada.

Assuntos: Trânsito
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados