INTEGRAÇÃO
Santa Catarina passa a integrar centro de inteligência da segurança pública para o Sul do país
O CIISP-Sul funcionará no prédio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), no Centro Cívico
por Secom / Governo de SC 11/05/2019 às 07:47 Atualizado em 11/05/2019 às 07:48

A vice-governadora Daniela Reinehr assinou nesta sexta-feira, 10, um termo de cooperação para que Santa Catarina passe a fazer parte do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública - Regional Sul (CIISPR-Sul). A estrutura, com sede em Curitiba, no Paraná, foi ativada em evento no fim da tarde no Palácio Iguaçu, sede do governo paranaense, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, e do governador em exercício do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira. 

Em seu discurso, a vice-governadora destacou que o centro integrado é um passo importante para o avanço do setor de inteligência e pode contribuir para uma queda ainda mais acentuada dos índices de criminalidade. Além disso, salientou Santa Catarina será parceira de iniciativas em qualquer área que levem a uma melhora da prestação dos serviços públicos.

“Nós acreditamos em parceria. O que cada Estado tem de melhor será compartilhado aqui. Temos certeza que muito em breve vamos colher excelentes resultados na segurança pública no Sul do Brasil e em todo país”, afirmou Daniela Reinehr.

A vice-governadora também destacou a criação do Colegiado Superior da Segurança Pública em Santa Catarina. O atual presidente do conselho, coronel Araújo Gomes, também foi ao evento no Paraná e listou vantagens que a nova estrutura vai trazer: “Esse centro vai trazer muitos benefícios para Santa Catarina. Nós vamos ter acesso a todas as ferramentas aqui utilizadas por demanda quando houver necessidade e acesso a relatórios periódicos que vão embasar o combate às organizações criminosas”.

Como membro do centro integrado, Santa Catarina ajudará com a manutenção da estrutura e cederá agentes, em especial nas áreas de inteligência e tecnologia da informação. Um delegado catarinense também coordenará um dos setores do Centro.

O CIISP-Sul funcionará no prédio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), no Centro Cívico. Além de agentes da segurança pública dos três estados do Sul, a estrutura reunirá representantes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e de outros órgãos do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Durante o evento, o ministro Sérgio Moro afirmou também que o centro regional do Nordeste já está em operação em Fortaleza e teve papel fundamental para debelar a crise da segurança pública no Ceará no início do ano: “Essa é uma solenidade para celebrarmos a integração de esforços dos estados com o governo federal no âmbito da segurança pública. Sempre é dito que precisa de mais recursos e investimentos. Essa estrutura é um meio para efetivar a integração que já está totalmente operacional”. 

Último a falar, o presidente Bolsonaro destacou que os índices de criminalidade estão em queda em todo o país e que aposta no setor de inteligência para aprofundar ainda mais essa queda.

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados