SAÚDE
SC confirma transmissão local da varíola dos macacos
Seis casos foram confirmados no Estado e outros 16 são investigados
por NSC/Total 28/07/2022 às 11:38 Atualizado em 28/07/2022 às 11:39
Ilustrativa

A transmissão comunitária da varíola dos macacos em Santa Catarina foi confirmada pelo governo do Estado nesta quinta-feira (28). Isso quer dizer que não é mais possível rastrear a origem da infecção. Ao todo, seis casos foram confirmados no Estado e outros 16 são investigados.

As informações foram divulgadas em uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta. A doença é considerada uma emergência global pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A primeira notificação da varíola dos macacos em Santa Catarina ocorreu no dia 27 de março. O paciente não morava no Estado, mas esteve em Florianópolis após uma viagem para a Espanha.

Já o caso mais recente é de um morador de Florianópolis sem histórico de viagem. Ele começou a ter sintomas no dia 19 deste mês. Não foram divulgadas informações atualizadas sobre o estado de saúde dele.

Quais são os sintomas da varíola dos macacos?

A varíola dos macacos é uma parente da varíola, doença que foi erradicada em 1980, mas menos transmissível, causa sintomas mais leves e é menos mortal. Ela geralmente dura de duas a quatro semanas e os sintomas podem aparecer de cinco a 21 dias após a infecção.

Os principais sintomas são:

  • febre
  • dores de cabeça
  • dores musculares
  • dores nas costas
  • calafrios
  • exaustão
  • linfonodos inchados
Assuntos: Saúde
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados