Polícia Civil
SC registra queda nos casos de roubos, furtos e saques de cargas em 2019
Dados foram divulgados na manhã desta segunda-feira. Redução leva em conta o comparativo com os registros de 2018.
por G1/SC 01/06/2020 às 14:27 Atualizado em 01/06/2020 às 14:42

Santa Catarina teve queda de 70% na soma das ocorrências de furto, roubo e saques de cargas em 2019, comparado ao ano anterior. As estatísticas feitas pela Polícia Civil, divulgadas nesta segunda-feira (1°) por meio de videoconferência, apontaram ainda redução individual dos casos atendidos no período.

As ocorrências de roubo de carga tiveram redução de 74,7%, passando de 111 registradas em 2018 para 28 em todo o ano de 2019, segundo os dados apresentados pela polícia. Comparado a 2015, a redução foi de 81% ano passado.

O mesmo ocorreu com o crime de furto, que apresentou uma queda de 70%. Ano passado, foram atendidas 11 ocorrências contra 37 registradas em 2018. O índice apontou queda de 97% entre 2015 e 2019.

Os saques tiveram redução de 58% no mesmo período. Desde 2015, os dados de saques foram separados dos furtos e reunidos em uma nova categoria.

Ocorrências de roubos, furtos e saques em Santa Catarina entre 2015 e 2019

2015 2016 2017 2018 2019
Furtos 445 378 363 37 11
Roubos 161 257 209 111 28
Saques 0 0 0 50 21
Totais 606 635 572 198 60

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina

A região Sul foi a segunda que mais registrou ocorrência de roubos de cargas em 2019, com 6,5% do total e apresentou queda de apenas 5% em relação a 2018.

O delegado-geral Paulo Koerich, atribuiu o resultado ao trabalho integrados das instituições policiais. '"Estamos em uma situação confortável comparado a nível nacional (...). A concentração do número de ocorrências, com certeza, ficou nos outros dois estado do sul", afirmou.

Parciais de 2020

Os números referentes aos quatro primeiros meses deste ano também foram divulgados. Conforme os dados parciais, houve queda em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre janeiro e abril de 2020, foram registradas 27 ocorrências totais de roubos, furtos e saques. No mesmo período de 2019, foram atendidas 51.

Ocorrências de roubos, furtos e saques em Santa Catarina em 2020

Janeiro Fevereiro Março Abril
Furtos - - 4 2
Roubos 1 3 6 6
Saques - - 2 -
Estelionato 1 - - 2
Total 2 3 12 10

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina

Até abril deste ano, segundo os dados divulgados pela polícia, 37 pessoas foram indiciadas no estado pelos crimes, incluindo o de receptação de cargas. Houve 17 representações de prisões temporárias, 28 de prisões preventivas e 33 mandados de busca e apreensão.

Ocorrências de roubos, furtos e saques em Santa Catarina em 2019

Janeiro Fevereiro Março Abril
Furtos 4 3 3 -
Roubos 6 9 8 2
Saques 1 3 12 -
Estelionato - - - -
Total 11 15 23 2

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina

Em todo 2019, foram 104 pessoas indiciadas pelos crimes, 20 prisões temporárias , 82 prisões preventivas e 155 mandados de busca e apreensão.

Crimes no Litoral Norte

A maioria desses crimes foram praticados no Litoral Norte do estado, por causa dos portos localizados na região, de acordo com o delegado Osnei Valdir de Oliveira, da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC), que integra a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).

"Concentração bem maior de roubos, os produtos mais visados são os alimentos, tanto peixes e carnes. É um grande problema que nós temos relacionados a essas mercadoria", disse.

O saque é um tipo de crime praticado por pessoas que saqueiam mercadorias em uma situação de roubo. Já em relação à diferença entre roubo e furto está na ameaça à vida, que ocorre apenas no primeiro caso.

A redução no número de ocorrências foi observada tanto nos dados nacionais quanto no Sul do país. Em todo o Brasil, comparado ao ano anterior, a queda foi de 17,1%. Os dados nacionais foram divulgados pelo presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fretranscec), Ari Rabaiolli, que esteve presente e destacou a parceria da instituição com as forças policiais do estado.

Assuntos: Segurança
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados