MOBILIZAÇÃO

UNIFEBE e Conselho Tutelar firmam parceria para realizar ações educativas e preventivas

Atividades serão realizadas no âmbito psicológico, jurídico e educativo
por Assessoria de Imprensa Unifebe 22/02/2024 às 12:51 Atualizado em 22/02/2024 às 13:39
Imagens: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (21), a gestão superior do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) recebeu os novos conselheiros tutelares do município. Na ocasião, a reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz, o vice-reitor, professor Sergio Rubens Fantini, o pró-reitor de Graduação, professor Sidnei Gripa e a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, professora Edineia Pereira da Silva, conversaram com os conselheiros empossados em janeiro deste ano, Pollianna Gonçalves Silva, Analice Floriani e Fernando Santana de Castro. 

A visita, com o intuito de estreitar os laços entre o órgão e a instituição, contou com a presença dos coordenadores dos cursos de Direito, Psicologia, Pedagogia, Licenciatura em Educação Física, Letras – Inglês e Educação Especial. “O propósito dessa conversa foi de alinharmos uma série de trabalhos em conjunto, que pretendemos desenvolver com o suporte da nossa Clínica Escola em Psicologia (CESP), do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e com os cursos de Licenciatura. Um dos propósitos deles é atuar no âmbito educacional, enfatizando qual o papel do Conselho Tutelar e uma das linhas a ser abordada será a de prevenção das situações que ocorrem entre as famílias e as crianças e adolescentes”, explica a reitora. 

Para realizar essas ações, a UNIFEBE colocou-se à disposição com os atendimentos psicológicos ofertados pela CESP e jurídicos feitos no NPJ, além de encaminhar os casos de abuso e violação dos direitos das crianças e adolescentes. Já com os cursos de Licenciatura, a instituição auxiliará nas atividades educativas e de prevenção nas escolas. 

“É uma parceria contínua, que também deverá envolver outros órgãos e entidades para verificarmos juntos possíveis soluções para os problemas que ocorrem com frequência na sociedade e, muitas vezes, acabam por chegar ao Conselho Tutelar. Como comunidade precisamos pensar e trabalhar em conjunto”, enfatiza a reitora. 

Além da conversa, os conselheiros visitaram os espaços do NPJ, da Clínica Escola e de outras instalações do campus Santa Terezinha.

Envie seu comentário sobre esta notícia

Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios

Recomendados

WhatsApp