HISTÓRIA
UNIFEBE recebe alunos do Colégio Cônsul na Villa Renaux
Três turmas do 6º ano realizaram visita guiada na segunda-feira, 11 de março
por Assesoria de Imprensa Unifebe 13/03/2019 às 06:48

Oportunizar que alunos consigam vivenciar fragmentos de um determinado momento da história e assim se sintam pertencentes a esse meio é o principal objetivo das visitas promovidas pelo Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) na Villa Renaux. 

Na segunda-feira, 11 de março, data em que o Cônsul Carlos Renaux celebraria seu aniversário, a Instituição recebeu três turmas do 6º ano do Colégio Cônsul Carlos Renaux para uma visita guiada. Ao todo, mais de 100 estudantes conheceram o espaço e puderam ter contato com o patrimônio histórico e cultural. 

Interpretando o Cônsul, o momento foi presidido pelo professor Wallace Nóbrega Lopo, supervisor de Extensão da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura da UNIFEBE, que contou aos alunos detalhes da história do Cônsul — fundador das Indústrias Renaux. 

Também foram apresentados vídeos que narraram partes da história do empresário, além dos estudantes percorreram o casarão e conheceram, entre outros detalhes, o pavimento térreo e superior e o jardim. 

Lopo destaca que essa foi a primeira escola a conhecer o local neste ano. Ele enfatiza o privilégio que é para os alunos poderem estudar na sala de aula a história e vivenciar na prática o quanto ela continua preservada.

— Esses alunos do 6º ano começam agora a ter contato com o patrimônio histórico da cidade. Então, nada mais propício do que presenciarem a história ao vivo, estarem em uma edificação que faz parte da nossa história. São raros os momentos em que os estudantes do Ensino Fundamental têm essa oportunidade — ressalta. 

Para a coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental e professora de História do Colégio Cônsul Carlos Renaux, Jaqueline Kühn, a visita faz parte do projeto — Cônsul Carlos Renaux: Empreendedor e Benfeitor. Ela explica que a Instituição aproveita para homenagear o homem que deu nome à escola e despertar nos alunos o senso de pertencimento.

— Eles têm a oportunidade de conhecer esse lugar que é muito preservado e que de certa maneira tem a ver com a identidade deles. Passam a identificar elementos que passam a ter significado e que o despertam para a história local — ressalta. 

Luiza Barni, de 11 anos, achou incrível a oportunidade de conhecer a Villa Renaux.

—  Era o meu sonho entrar aqui e conhecer de perto detalhes de um homem que foi importante para Brusque e levou essa história para tão longe. Ele chamou atenção de um jeito muito bonito — salienta. 

Cooperação 

A UNIFEBE assinou em 2017 com o detentor da posse do imóvel, Vitor Renaux Hering, o termo de cooperação do projeto “Villa Renaux – Fazendo e valorizando a história”, que preserva documentos, registros, negativos de fotos, mobília e a construção da casa historicamente mais importante de Brusque.

Agendamento

Instituições de ensino que desejam realizar visitas de estudo no local podem entrar em contato com a UNIFEBE pelo telefone 3211-7000. 

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados