Centro Universitário de Brusque
UNIFEBE receberá mais de R$ 5 milhões em bolsas de estudo do Governo do Estado em 2021
Recurso foi anunciado durante o evento entre reitores e o governador Carlos Moisés.
por Assessoria de Imprensa Unifebe 23/02/2021 às 16:34 Atualizado em 23/02/2021 às 16:35

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) receberá mais de R$ 5 milhões em bolsas de estudo, por meio do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (UNIEDU). O recurso foi anunciado pelo Governo do Estado, durante um encontro realizado na quarta-feira (17), entre a reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz, e os demais reitores e reitoras da ACAFE, com o governador Carlos Moisés e o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Cardoso, popularmente conhecido como Vampiro.

Durante o evento, realizado na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, o Governo do Estado anunciou um aumento de 23,6% em relação a 2020, no investimento em formação de universitários, aplicado em bolsas de estudo para alunos do ensino superior. O montante representa um marco na história do estado, sendo o maior valor já repassado às instituições de ensino. Este é o terceiro ano consecutivo que o Governo Carlos Moisés amplia os investimentos em bolsas de estudo para alunos de graduação e pós-graduação. Os recursos do UNIEDU visam melhorar a qualidade de vida das pessoas, permitindo acesso ao ensino superior.  

Dos mais de R$ 327 milhões disponibilizados pelo UNIEDU para bolsas de estudo em 2021, fundamentados pelos artigos 170 e 171 da Constituição Estadual, 90% do valor total é destinado aos estudantes das fundações educacionais de Santa Catarina, integrantes do Sistema ACAFE. As instituições comunitárias foram protagonistas do movimento que levou à interiorização do ensino superior no estado, ao longo dos últimos 50 anos, promovendo, assim, o desenvolvimento econômico e social equânime em todo o território catarinense. Os outros 10% são distribuídos entre as instituições privadas.

“Tudo isso é possível, pois somos uma Fundação Educacional sem fins lucrativos, uma instituição comunitária, que trabalha voltada à demanda regional para a formação de estudantes de nível superior. Nós, da UNIFEBE, levamos a educação muito a sério, temos compromisso com o ensino de excelência, e nosso foco é o aluno. Esse investimento que o governador Carlos Moisés tem feito em bolsas de estudo, desde que assumiu o governo, em 2019, tem permitido que mais estudantes tenham acesso ao ensino de qualidade. Somos muito gratos pelo trabalho que tem sido feito na educação superior, pois desse modo, juntos, possibilitamos que os sonhos de muitos estudantes catarinenses sejam realizados”, complementa a reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz.

Nos últimos três anos, o repasse de recursos pelo Programa UNIEDU vem aumentando ano após ano. Em 2019, o investimento em bolsas de estudo foi 175% maior que o realizado em 2018. Em 2020, o valor investido foi 42% maior que em 2019. E, em 2021, o investimento é 23,61% maior do que o montante repassado para o ensino superior catarinense em 2020. Confira o infográfico com os valores recebidos pela UNIFEBE de 2010 a 2020.

Além do aumento nos valores repassados às instituições de ensino, desde 2019 o governador Carlos Moisés tem investido em transparência e implementado diversas melhorias operacionais no sistema UNIEDU. 

Em 2020, muitas dessas mudanças passaram a ser executadas e uma delas se refere ao repasse dos recursos. No passado, era muito comum que os valores fossem encaminhados às universidades com atraso, mas desde 2020, o repasse, que tem como beneficiário o estudante catarinense, é feito mensalmente para a instituição de ensino, o que contribui para o equilíbrio financeiro das universidades. Graças às melhorias que foram implementadas, no ano passado, as parcelas correspondentes às bolsas de estudo foram repassadas à UNIFEBE sempre no prazo, sem atrasos.

Com as mudanças implementadas, apenas a conferência dos documentos comprobatórios é de responsabilidade da instituição de ensino. As demais análises, como o cálculo do Índice de Carência, ocorrem de forma informatizada pelo Sistema UNIEDU.

Planejamento 2021

O Governo também apresentou o planejamento do UNIEDU para 2021, destacando que, ainda neste semestre, serão lançados editais para a oferta de bolsas de estudo integrais para cursos de licenciatura, objetivando a formação de professores para atuar nas áreas que há um déficit de profissionais habilitados para lecionar. Em 2019, a UNIFEBE foi contemplada por esse mesmo programa, passando a ofertar o curso superior em Letras-Inglês (Licenciatura), no qual os estudantes recebem bolsa de estudos integral e mais uma ajuda de custo mensal.

Outro item em destaque para 2021 diz respeito à revisão dos critérios para determinar o Índice de Carência (IC) do estudante, que, neste semestre passa a exigir a inclusão dos bens patrimoniais no cálculo.

Confira na tabela, os valores previstos para 2021, por modalidade de bolsa. 

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados