PODER JUDICIÁRIO
Dr. Edemar Leopoldo Schlösser participa ao vivo do JM
Juiz da Vara Criminal e diretor do Foro da Comarca de Brusque destacou o volume de processos e as atividades desenvolvidas pela justiça na região
por Departamento de Jornalismo - Rádio Araguaia 16/06/2021 às 09:41 Atualizado em 16/06/2021 às 10:08
Imagem: Rafael Imhof

O juiz da Vara Criminal e diretor do Foro da Comarca de Brusque, Dr. Edemar Leopoldo Schlösser, participou ao vivo do Jornal da Manhã nesta quarta-feira (16/6). 

Na ocasião, o magistrado apresentou os números relacionados aos processos em andamento e das atividades desenvolvidas pelo poder judiciário na região. 

A celeridade implementada pelo juiz, inclusive, é destacada por entidades e órgãos públicos. Tal reconhecimento já lhe rendeu homenagens por sua atuação em nossa região.

Dentre as atividades, Dr. Edemar é o responsável pela destinação de recursos oriundos de penas pecuniárias a instituições cadastradas e devidamente homologadas pela justiça. A manutenção destes recursos na região deve-se a iniciativa do magistrado que viu uma forma de contribuir com as atividades desenvolvidas pelas instituições e também auxiliar no combate à pandemia. 

Hoje, tramitam na Comarca de Brusque mais de 40 mil processos. Número altamente expressivo, segundo o juiz que também falou sobre o atendimento à população nesse período. Através de canais digitais e por telefone, os advogados, partes e comunidade em geral conseguem manter contato com o poder judiciário que não parou durante a pandemia. Aliás, o trabalho ganhou ainda mais celeridade. Dr. Edemar explicou que a produtividade do judiciário aumentou nesse período de home-office.

Na Vara Criminal, o magistrado lembra que os trâmites seguem caminhos distintos. Desde o levantamento de provas ao encaminhamento da denúncia e julgamento do processo há uma série de processos. Diante dessa realidade, destaca-se o trabalho de todos os órgãos envolvidos, o que resulta em respostas mais céleres à comunidade. 

Por fim, destaca-se o acompanhamento feito junto à Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA). A abertura de vagas de trabalho e de estudo, dentro as instalações da unidade, são um diferencial de referência para o estado. O magistrado lembrou ainda das ações do Conselho da Comunidade e das vistorias realizadas ao lado de entidades parceiras.

OUÇA A ENTREVISTA:

Assuntos: Comunidade
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados