Janela Popup com Áudio

Ao Vivo

Publicidade

Vidraçaria Azaléia goleia Mecânica do Japa e é o grande campeão do Municipal de Futebol Amador de Brusque

Time aproveita falhas do adversário e levanta troféu mais uma vez

Fonte: EsporteSC

Publicidade

Foi com pinta de bicampeão e com requintes de crueldade. Na tarde deste sábado (6), a Vidraçaria Azaléia/América goleou a Mecânica do Japa e conquistou o bicampeonato Municipal de Futebol Amador de Brusque. São duas conquistas consecutivas levando o nome de Vidraçaria Azaléia, o time ainda foi campeão de 2022, mas naquele ano jogou apenas como América.

O título de 2024 foi a maior goleada de uma decisão de Campeonato Municipal de Futebol Amador desde que a FME voltou a realizar a competição, em 2012. O placar final da partida disputada no estádio Maria Steffen foi de 5 a 0 para o América, numa final em que ambos os times chegaram à decisão ainda invictos.

O jogo decisivo teve grande audiência e foi acompanhado por centenas de pessoas através do Youtube do EsporteSC e da TV Brusque. Assim como a final, a competição teve transmissão de diversas partidas ao longo do campeonato com apoio e patrocínio da empresa Gabi Automóveis, além do apoio da Unifique e do Assadão do Maluche (Veja abaixo e assista a partida final).

À decisão

A conquista da Vidraçaria Azaléia até foi tranquila, mas o resultado só começou a ser construído a partir dos 30 minutos da etapa final, num duelo que até então era equilibrado, mas sem chances de gols de ambos os lados. O que decidiu o jogo foi uma má jornada do goleiro Niltinho e do sistema defensivo da Mecânica do Japa como um todo.

O primeiro gol surgiu numa trapalhada defensiva fruto de uma falta de comunicação da defesa do Japa. Com o goleiro fora de posição e o gol aberto, Tom só escorou para as redes, de fora da área. O gol abateu o time, que ainda antes do intervalo foi vazado outras duas vezes, novamente em falhas defensivas.

A bola aérea foi um tormento para o time do Japa. Primeiro, aos 36, Tom cobrou falta e Marcelo Quilder cabeceou no cantinho, tirando do goleiro. A bola foi fraca, mas o arqueiro não conseguiu chegar. Mal a bola saiu e, aos 38, Tom, mais uma, vez cobrou falta com perfeição. Desta vez foi Lang, no meio de dois marcadores, que anotou mais um de cabeça: 3 a 0 e título encaminhando ainda antes do intervalo.

Na etapa final, a Vidraçaria Azaléia praticamente administrou o jogo. Mesmo assim, fez o quarto gol numa trapalhada de Niltinho com o sistema defensivo. A bola recuada para o arqueiro acabou espirrada quando Thiago Cristian tentou roubar a bola e ela morreu dentro do gol: 4 a 0. Em tarde infeliz, Niltinho ainda viu uma bola recuada passar por debaixo de seu pé e ir para fora, assustando os companheiros.

O jogo era todo da Vidraçaria Azaléia, que ainda acertou a trave com Marcelo Quilder. Já aos 48, a goleada ficou ainda maior. Siri, que entrou na metade do segundo tempo, fez lindo lance pela esquerda e cruzou para Bruno, outro que entrou na reta final da partida, escorar para as redes. Fim de jogo, Vidraçaria Azaléia 5×0.

Premiações
O goleiro Murilo, da Vidraçaria Azaléia, foi o goleiro menos vazado da competição, enquanto Perreche, da Mecânica do Japa, foi o artilheiro do campeonato, com 9 gols. O craque da decisão foi Tom, do campeão Azaléia. Ele levou para casa um combo de churrasco completo ofertado pelo Assadão do Maluche.

O EsporteSC ainda premiou o gol mais bonito da competição, com base no gol que teve a maior quantidade de visualizações nas redes sociais do jornal. Cleiton, do Nova União recebeu um prêmio especial da Lemus Esportes, além de uma camisa oficial do Brusque FC, um combo de churrasco do Assadão do Maluche, um corte de barba e cabelo gratuito na Barbearia do Marcondes e uma limpeza no sistema de arrefecimento do carro da Zane Mecânica.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Publicidade

DESTAQUES

Fale Conosco

plugins premium WordPress

Utilizamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência no nosso portal. Conheça nossa Política de privacidade ou clique em continuar no botão ao lado.