Janela Popup com Áudio

Ao Vivo

Publicidade

Beato com relíquia em Brusque será declarado Santo pela Igreja Católica

Carlo Acutis deverá ser canonizado no próximo ano, segundo o Vaticano

Fonte: Ideia Comunicação (Arquivo)

Publicidade

Nesta segunda-feira (1/7) foi realizado o Consistório Público Ordinário para a Canonização de alguns beatos da Igreja Católica. Na Sala do Consistório, no Vaticano, o Papa Francisco presidiu a celebração da Hora Terça e prosseguiu com alguns decretos.

As canonizações em pauta para o Consistório foram dos Beatos Manuel Ruiz López e sete companheiros; Giuseppe Allamano; Marie-Léonie Paradis; Elena Guerra; e Carlo Acutis.

As quatro primeiras canonizações tiveram data definida (acontecerão em 20 de outubro deste ano). Já a canonização do Beato Carlo Acutis não foi marcada e, de acordo com o Vaticano, acontecerá provavelmente durante o Jubileu 2025.

Relíquia

Em 2022, a Paróquia São Luís Gonzaga, em Brusque, recebeu a relíquia de primeiro grau, com fios do cabelo do Beato Carlo Acutis. Ela foi recebida em março daquele ano, na Itália, pelo presidente da Associação Amigos de Carlo Acutis – Brasil, Johnny Rodrigues, e entregue durante Santa Missa realizada na Paróquia junto com um documento oficial.

“São Luís Gonzaga é o padroeiro da juventude; o primeiro presente do Jubileu que recebemos foi a relíquia de São João Paulo II, o ‘Papa da Juventude’; e agora recebemos a relíquia de Carlo Acutis, chamado ‘Anjo da Juventude’. Então todos eles são sinais muito importantes, de grande significado para a vida da fé, e queremos cultivar essa devoção, e a certeza de que junto de Deus no céu intercede pelos jovens”, disse à época o Pároco Pe. Diomar Romaniv.

Carlo Acutis

Nascido em 1991 na Inglaterra e criado em Milão, Carlo Acutis foi um adolescente católico que ao longo de seus 15 anos de vida se tornou conhecido por sua devoção a Jesus Cristo e à Eucaristia. Foi responsável por documentar milagres eucarísticos em um site criado por ele, e utilizar as ferramentas tecnológicas e digitais para evangelização. Faleceu em 12 de outubro de 2006, vítima de leucemia. A Igreja Católica anuncia sua canonização após reconhecer dois milagres atribuídos a sua intercessão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Publicidade

Fale Conosco

plugins premium WordPress

Utilizamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência no nosso portal. Conheça nossa Política de privacidade ou clique em continuar no botão ao lado.