Janela Popup com Áudio

Ao Vivo

Publicidade

Governo e secretaria da Educação lançam edital do maior concurso público da história de SC

O período de inscrições inicia em 9 de julho e termina em 12 de agosto

Fonte: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Publicidade

O governador Jorginho Mello lançou nesta quarta-feira, 26, o edital para o maior concurso público da história da Educação catarinense. O edital completo, com o quadro de vagas e cronograma, está disponível no site da Secretaria de Estado da Educação (SED) e da Universidade Regional de Blumenau (FURB). O período de inscrições inicia em 9 de julho e termina em 12 de agosto.

“Esse edital é um grande avanço para a nossa educação pública de Santa Catarina. Estou muito feliz com este momento em poder chamar mais profissionais que integrarão o quadro de servidores do Estado. Tenho um compromisso com a educação elevando a régua. Temos a universidade gratuita, cursos profissionalizantes e a reforma das nossas escolas. É um conjunto de ações para melhorar a nossa educação”, afirmou o governador Jorginho Mello.

Serão efetivados novos professores e profissionais para as áreas administrativas e pedagógicas, incluindo assistentes de educação, assistentes técnico-pedagógicos e especialistas. Os profissionais atuarão nas escolas estaduais de Santa Catarina.

“Nós teremos uma diferença fantástica no serviço que esses novos profissionais vão oferecer. Precisamos de bons professores, comprometidos com a educação e sabemos que esses servidores farão a diferença na educação pública. Preciso agradecer a nossa equipe que esteve a frente na construção desse concurso. É um processo que exige preocupação por conta dos detalhes, e graças a essa equipe estamos lançando hoje o maior concurso da história da educação catarinense”, destacou o secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon.

Mais de 65% das vagas previstas devem ser preenchidas na primeira chamada, das quais quase 76% serão para o cargo de professor. As provas estão previstas para os dias 22 e 29 de setembro, para professores e demais cargos, respectivamente.

“Hoje é um dia histórico. Nossa equipe trabalhou muito para que hoje possamos estar lançando esse edital na educação. Vamos ampliar o quadro de servidores e isso faz toda a diferença lá na ponta, o atendimento de fato aos alunos da rede estadual. Preciso agradecer a parceria com o Ministério Público que foi fundamental para toda essa etapa mais burocrática dos trâmites do edital”, disse a secretária adjunta da Educação, Patrícia Lueders.

Serão até 10 mil vagas durante os quatro anos de vigência do concurso. As nomeações deverão acontecer em várias chamadas durante esse período, conforme a necessidade da rede. O último concurso público foi realizado em 2017, para 5 mil servidores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Publicidade

DESTAQUES

Fale Conosco

plugins premium WordPress

Utilizamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência no nosso portal. Conheça nossa Política de privacidade ou clique em continuar no botão ao lado.